Conferência internacional “A sociedade açoriana e a política de coesão pós 2020”

O Governo dos Açores promove, a 22 de novembro, em Ponta Delgada, a realização de uma conferência internacional sobre o tema “A sociedade açoriana e a política de coesão pós 2020”.

A conferência, que terá lugar, pelas 09H00, no Núcleo de Arte Sacra do Museu Carlos Machado, na Igreja do Colégio, contará com intervenções de dois oradores internacionais, representantes da Comissão Europeia e do Comité Económico e Social Europeu.

Segundo o executivo regional, a primeira intervenção estará a cargo de Henri Malosse, do Comité Económico e Social Europeu, subordinada ao tema “Como pode a Europa beneficiar com as suas Regiões Ultraperiféricas”, seguindo-se o embaixador Rui Vinhas, Diretor-Geral dos Assuntos Europeus, do Ministério dos Negócios Estrangeiros, que falará sobre “Os desafios do quadro financeiro plurianual pós 2020 e as Regiões Ultraperiféricas”, enquanto a terceira intervenção, a cargo de Sabine Bourdy, Chefe da Unidade Regiões Ultraperiféricas, da Direção Geral de Política Regional da Comissão Europeia, abordará “A política de coesão e as RUP”, antecedendo um espaço de debate.

Os interessados em participar na conferência devem inscrever-se até às 12H00 de segunda-feira, 20 de novembro, através do email srapre@azores.gov.pt.

Esta é a terceira e última conferência que se realiza no âmbito do processo de envolvimento da sociedade açoriana na definição da política de coesão pós 2020, que está a ser promovido pelo Governo dos Açores, desta feita com uma abordagem europeia, depois das duas primeiras conferências terem feito uma abordagem à situação regional e nacional.

Este processo está estruturado em três eixos, nomeadamente a realização destas três conferências, de três oficinas de prospetiva, já realizadas e que reuniram parceiros sociais, partidos políticos e a sociedade civil organizada, e uma análise prospetiva e estratégica que encerra o processo através da avaliação do impacto de cada um dos fatores encontrados na fase anterior para encontrar o melhor posicionamento estratégico para cada um deles por parte da Região, culminando na elaboração de um documento a ser entregue no primeiro trimestre de 2018.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*