Processo de revisão do POTRAA inclui auscultação dos agentes do setor turístico

A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, através da Direção Regional do Turismo, está a promover a realização de Fóruns de Agentes do Setor Turístico (FAST) com o objetivo de auscultar, refletir e formular sugestões no âmbito do processo de revisão do Programa de Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores (POTRAA).

A segunda fase de desenvolvimento deste processo, que inclui a realização de encontros de caráter geográfico e temático, decorre durante os meses de novembro e dezembro, tendo arrancado esta semana nas ilhas do Grupo Ocidental, seguindo-se o Grupo Central e, posteriormente, o Grupo Oriental do arquipélago.

Segundo o executivo regional, os FAST geográficos abrangem todas as ilhas dos Açores, pretendendo-se que participem nestes encontros as entidades representativas dos setores privado e associativo relacionadas, direta ou indiretamente, com a atividade turística, bem como as entidades representativas dos interesses públicos locais, nas quais se incluem as câmaras municipais.

A revisão do POTRAA visa a concretização formal da territorialidade da política do Governo Regional para o setor turístico, tendo como referência as opções estratégicas de desenvolvimento definidas no Plano Estratégico e de Marketing do Turismo dos Açores (PEMTA), conjugando, de forma sustentável, a consolidação da oferta turística com a preservação dos recursos naturais e culturais identitários do espaço regional, para além da valorização social da dimensão humana.

Este processo visa, entre outros objetivos, a organização espacial e territorial do destino turístico, a qualificação da oferta, a promoção do incremento da permanência média dos turistas e a distribuição equitativa dos fluxos turísticos pelo território regional e durante todo o ano, assim como a definição do perfil adequado do alojamento turístico e a reorientação da estratégia de territorialização das atividades turística.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*