Grupo Parlamentar do PS/A integra contributos de parceiros sociais nas propostas de alteração ao Plano e Orçamento

O Grupo Parlamentar do PS Açores faz um balanço positivo das auscultações aos parceiros sociais, realizadas nas últimas três semanas, para preparação do debate do Plano e Orçamento para o próximo ano. “Terminamos esta reunião com os representantes dos patrões, exatamente com a postura que tivemos desde o início, ou seja, a de ouvir e a de receber o máximo de contributos, que nos possam ajudar a melhorar este plano de investimentos”, afirmou Francisco César, esta segunda-feira, dia 13 de novembro, à margem da reunião com os responsáveis da Câmara do Comércio e Industria dos Açores.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, quanto à proposta do Plano e Orçamento para 2018, o vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS/A realçou que são instrumentos importantes para o futuro da Região: “Este é um Orçamento da consolidação da retoma. Este é um Orçamento da recuperação dos rendimentos – as famílias vão ter no próximo ano, mais rendimento do que tiveram este ano – fruto de um desagravamento fiscal, fruto do descongelamento das carreiras, fruto de um conjunto de apoios que o próprio Orçamento e Plano contemplam”. E, acrescentou o parlamentar, “este é também um Orçamento que tem como objetivo apoiar a criação de emprego”.

Depois das auscultações aos Parceiros Sociais, o Grupo Parlamentar do PS Açores reúne em Jornadas Parlamentares para, internamente, “preparar um conjunto de alterações ao Orçamento”, anunciou. Francisco César assegurou ainda que, à semelhança do que aconteceu noutros anos, o Grupo Parlamentar Socialista está disponível para aceitar os contributos, desde que mantenham aquilo que são princípios básicos nos orçamentos dos governos do Partido Socialista: “Que garantam o equilíbrio orçamental e que também sejam programaticamente aceitáveis, ou seja, que respeitem aquilo que é a vontade da maioria dos açorianos”

DL/GPPS

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*