PS na República questiona MAI sobre investimentos nos Açores

A deputada do PS na Assembleia da República, Lara Martinho, questionou o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, sobre os investimentos do Estado na região. Apesar de reconhecer que os melhoramentos dos serviços do Estado na Região Autónoma tem sido uma preocupação constante do Governo da República, a parlamentar revelou que ainda há coisas a fazer.

“Tem existido um conjunto de investimentos nos Açores neste momento em fase de conclusão, cujas intervenções foram iniciadas em 2016, na Esquadra das Lajes (Flores) e na Esquadra das Velas, na ilha de São Jorge, com investimentos que rondam os 170 mil e os 150 mil respetivamente”, lembrou, numa audição no âmbito da discussão do Orçamento do Estado para 2018 na especialidade. “Foram também efetuadas intervenções fora do âmbito da lei de programação nas esquadras de São Roque do Pico, Santa Cruz das Flores e Vila do Porto, bem como foi efetuado um reforço de efetivos da PSP nos Açores”, acrescentou, precisando que “atualmente existem mais 13 efetivos da PSP do que havia no final do ano passado e mais 34 do que no final de 2015”.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, apesar destes reforços dos serviços do Estado nos Açores, em particular dos investimentos que têm sido concretizados em várias esquadras, persistem, segundo a parlamentar insular, ainda constrangimentos em esquadras de várias ilhas, que foram evidenciados recentemente num encontro dos deputados do PS com o Comando da PSP nos Açores.

“As dificuldades são mais persistentes na ilha do Corvo, em Ponta Delgada, na Ribeira Grande e Nordeste em São Miguel, e na Horta na ilha do Faial”, disse, informando que para estas esquadras decorrem candidaturas e concursos. “Qual o ponto de situação dos investimentos previstos para estas esquadras e que outros investimentos estão igualmente previstos para os Açores para 2018?”, perguntou.

Eduardo Cabrita comprometeu-se a “discutir e acompanhar as prioridades e planos que são mais importantes para as regiões” com os Governos Regionais. Garantiu ainda que o Estado cumpre as suas obrigações relativamente aos Açores e em particular com a ilha Terceira. “O Estado tem cumprido o PREIT [Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira] ”.

A Secretaria de Estado lamentou ainda muitos pendentes deixados pela direita. “Deve ser muito difícil ver o nosso Governo a resolver problemas que ficaram do vosso Governo”, referindo-se à situação da esquadra da Ribeira Grande.

DL/GPPS

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*