Melhoria das taxas de frequência, transição e conclusão no ensino nos Açores

O Secretário Regional da Educação e Cultura destacou esta segunda-feira, dia 6 de novembro, a melhoria, nos Açores, das taxas de frequência, transição e conclusão no pré-escolar e nos ciclos do ensino básico e secundário no ano letivo de 2016/2017.

O titular da pasta da Educação frisou que, apesar do ProSucesso – Açores pela Educação, programa de promoção do sucesso escolar, ter sido pensado para um prazo de 10 anos, as metas estabelecidas para 2020-2021, período de avaliação intermédia deste programa, estão a “ser paulatinamente” ultrapassadas.

Segundo o executivo regional, nesse sentido, salientou que, terminado o ano letivo 2016/17, conclui-se que, no que se refere à educação pré-escolar, se tem assistido ao aumento, de forma consistente, do número de alunos que a frequentam, salientando que a taxa de escolarização das crianças de três anos passou de 70% em 2015/16 para 79% em 2016/17, sendo de 89% nas crianças de quatro anos e de 100% nas de cinco anos.

O Secretário Regional adiantou que, no mesmo período letivo, ao nível do ensino básico, incluindo a formação vocacional e profissionalizante, a taxa de conclusão subiu de 82% para 84%, enquanto as taxas intermédias de transição no 1.º Ciclo passaram de 92 para 93%, no 2.º ciclo de 90 para 93%, e no 3.º ciclo de 85 para 87%.

No ensino secundário, a taxa de conclusão subiu de 70 para 75%, acrescentou.

Avelino Meneses considerou ainda que, a quatro anos de distância do período de avaliação intermédia do ProSucesso, todas estas taxas “superam” as metas que estavam estabelecidas.

Estes resultados são, frisou o Secretário Regional, o “somatório” dos projetos previstos nos três principais eixos do ProSucesso, que envolvem toda a comunidade educativa, e assentam, entre outros, nos projetos ‘Escola, Família, Comunidade’, ‘Prof DA’, um programa especializado de deteção de dificuldades em aprendizagem, e ‘Apoio Mais, Retenção Zero’.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*