PSD/Açores exige que Governo crie anunciada linha “SOS Ambiente”

O grupo parlamentar do PSD/Açores exige que o Governo regional crie a linha telefónica “SOS Ambiente”, uma medida anunciada em janeiro pelo diretor regional do Ambiente para potenciar a denúncia por parte dos cidadãos de situações de incumprimento ou de risco ambiental na Região.
Segundo a deputada e porta-voz do PSD/Açores para o Ambiente, Catarina Chamacame Furtado, “não é razoável que, cerca de um ano depois do seu anúncio, esta linha telefónica ainda não tenha sido criada, sobretudo se considerarmos que seria um instrumento importante até para o próprio executivo no quadro da sua atuação ambiental”.

Para a parlamentar, a não implementação da medida “é mais uma prova de que o Governo regional anuncia medidas sem que tenha pensado no calendário para a sua implementação o que, de resto, dá bem nota da irresponsabilidade que domina o setor ambiental”.
A linha “SOS Ambiente” foi anunciada como um meio para que qualquer cidadão pudesse denunciar situações de incumprimento ou de risco ambiental como o abandono de resíduos, situações de deslizamento de terras em trilhos ou outros locais, realização de atividades não autorizadas e com implicações ambientais em áreas protegidas.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, a porta-voz dos social-democratas açorianos para o Ambiente sublinha ainda que a criação desta linha “poderá levar ao aumento de participação e de denúncias”, razão pela qual, defende, será necessária “maior capacidade de resposta dos vigilantes da natureza”.

Neste sentido, defende Catarina Chamacame Furtado, o executivo “deve não só abrir novos concursos para admissão de mais vigilantes de natureza, como deve garantir, “em termos orgânicos e de forma muito clara, que aquele corpo operativo passa a ser coordenado por estrutura e por pessoas com capacidade para o efeito”.

DL/PSD

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*