“Açores oferecem condições cada vez mais favoráveis ao investimento privado”

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas afirmou esta quinta-feira, dia 26 de outubro, em Ponta Delgada, que os Açores oferecem condições cada vez mais favoráveis ao investimento privado, o que se concretiza na abertura de novas unidades empresariais.

Ana Cunha, que falava na abertura de um espaço comercial AKI, frisou que a “criação de emprego e de riqueza continua a constituir um dos principais desígnios do Governo dos Açores”, salientando que a Região tem registado “um incremento muito significativo ao nível do investimento privado”.

Nesse sentido, adiantou que, até agora, no âmbito dos novos sistemas de incentivos, como o Competir+, já foram apresentados mais de 600 projetos de investimento privado, que representarão um investimento empresarial superior a 290 milhões de euros, com a consequente criação de mais de 1.300 postos de trabalho diretos e permanentes.

Segundo explicou, para 2018, o Governo dos Açores prevê um investimento público de 752 milhões de euros que visa potenciar este novo ciclo de desenvolvimento e crescimento da economia açoriana, assim como continuar a fomentar a competitividade e a melhoria das condições de empregabilidade.

Ana Cunha salientou ainda que está a ser preparada a alteração do Regime Jurídico de Contratação Pública, “tendo presente a promoção de uma maior simplificação e flexibilização nos procedimentos na Região e o aumento da eficiência da despesa”.

“O que nos move é continuar a contribuir para a adequação e sustentabilidade do setor da construção civil, através do investimento na qualificação das infraestruturas públicas, nos mais diversos domínios, sejam eles na área social, na área da saúde ou na promoção da acessibilidade e mobilidade”, sublinhou a Secretária Regional, afirmando ainda a necessidade da criação de valor e sustentabilidade da fileira da construção, aliada ao aumento da estabilidade, qualidade e competitividade global do setor.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*