Operário alcança a sua primeira vitória no campeonato

A equipa principal do Operário alcançou, este domingo, dia 22 de outubro, a sua primeira vitória no Campeonato de Portugal.

Na partida referente à 7ª jornada da Série E, os fabris deslocaram-se até ao Algarve, para defrontar o Moncarapachence, tendo vencido a partida por 1-2.

“Foi uma vitória justa, principalmente pela ‘excelente’ segunda parte”, adiantou, ao Jornal Diário da Lagoa, o treinador dos fabris.

Segundo André Branquinho, a primeira parte foi mais dividida, onde o adversário chegou primeiro ao golo, naquela que considerou ser uma das poucas chances que teve.

O Operário foi para o intervalo a perder pela margem mínima mas, segundo o treinador lagoense, nessa altura a equipa da Lagoa já merecia um golo.

A segunda parte foi completamente diferente onde, apenas aos 35 minutos do segundo tempo, o adversário conseguiu chegar à baliza fabril. “Estivemos os primeiros 35 minutos da segunda parte no meio campo ofensivo, com a equipa a ter uma atitude muito forte, com uma ambição enorme de querer vencer, forçamos o erro do adversário, fizemos circular a bola em toda a largura do terreno, e acabamos por ser premiados pela vitória com dois golos já no final da partida”, explicou André Branquinho.

O técnico referiu ainda que a vitória do Operário poderia ter sido conseguida mais cedo, mas do outro lado estava também um adversário forte, com jogadores de muita qualidade.

A equipa ganha assim um novo ânimo, com índices de confiança maiores. André Branquinho espera agora conseguir entrar numa série de vitórias até porque, segundo recorda, este é um campeonato muito difícil e muito competitivo. “Há muitas equipas em igualdade pontual, será até à última jornada, onde todas as vitórias e todos os pontos serão importantes”.

Ao fim da sétima jornada o Operário ocupa a 9ª posição e, a par de outras 4 equipas, tem sete pontos.

No próximo dia 29 de outubro, o Operário recebe, na Lagoa, o Pinhalnovense, em jogo da 8ª jornada.

DL

Categorias: Desporto, Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*