Autárquicas 2017: Tomada de posse dos eleitos para Assembleia e Câmara da Lagoa

Tomaram posse, esta sexta-feira, dia 20 de outubro, os elementos da Assembleia Municipal da Lagoa, assim como o executivo camarário, eleito nas últimas Eleições Autárquicas de 1 de outubro.

Numa sessão que teve lugar nos Paços do Município, tomaram posse José Dias Pereira (PS), Graça Araújo (PS), Carlos Resendes (PSD), Frederico Sousa (PS), Pedro Marques (PS), Ruben Cabral (PSD), Maria dos Anjos Silva (PS), Pedro Rodrigues (PS), César Pacheco (PS), Ana Medeiros (PSD), Edite Preto (PS), Eduíno Rego (PS), Vitor Sousa (PSD), Manuel Rodrigues (PS), Olga Soares (PS), Álvaro Vitorino (PS), José Pacheco (PSD), André Almeida (PS), Mónica Dominges (PS), Carla Galvão (PSD), Francisco Magalhães (PS), para a Assembleia Municipal.

Tomaram ainda posse, por inerência, para este órgão, os presidentes de junta, Paulo Melo (Água de Pau), Adriano Costa (Cabouco), Gilberto Borges (Nª Sª do Rosário), Sérgio Costa (Santa Cruz) e Vitória Couto (Ribeira Chã), todos eleitos pelas listas do PS.

Instalada a Assembleia Municipal, foi a vez de tomarem posse os membros do executivo camarário, eleitos nas últimas eleições.

Cristina Calisto (PS), Ricardo Martins Mota (PS), Carlos Augusto Furtado (PSD), Fernando Jorge Moniz (PS), Albertina Oliveira (PS), Nelson Santos (PS) e Roberto Oliveira (PSD), respetivamente, foram os sete membros que tomaram posse para o executivo.

Após a cerimónia de tomada de posse de todos os eleitos, decorreu a Sessão Ordinária da Assembleia Municipal que elegeu a Mesa deste órgão autárquico.

Por voto secreto, José Dias Pereira foi eleito Presidente da Mesa, com 19 votos a favor e 6 em branco. O 1º Secretário eleito foi Manuel António Rodrigues, com 18 votos a favor e 7 em branco, e a 2ª Secretária, Graça Araújo, foi eleita com 19 votos a favor e 6 em branco.

De referir anda que este órgão cumpriu um minuto de silêncio pelas vítimas dos incêndios que deflagraram recentemente no país, um pedido do vereador Carlos Augusto Furtado proposto à Mesa, e que ficou expresso em voto, como o primeiro acto desta Assembleia, e que será enviado ao Presidente da República.

Recorde-se que, como resultado das eleições do passado dia 1 de outubro, o PS obteve a maioria absoluta com 70,17% dos votos (4.474), contra 23,67% (1.509) do PSD, o PCP-PEV obteve 2,48% (158). O PS elegeu para a Câmara Municipal cinco mandatos, contra dois do PSD. Para este órgão foram registados 130 votos em branco e 105 nulos.

Para a Assembleia Municipal, o PS obteve 65,39 % (4.169) contra 26,60% (1.696) do PSD. O PCP-PEV obteve 3,53% (225). O PS elegeu 15 mandatos e o PSD 6. Registaram-se ainda 165 votos em branco e 121 nulos.

Na Lagoa, dos 12.776 eleitores inscritos, votaram 6,376.

DL

Categorias: Autarquicas, Local, Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*