Autárquicas 2017: Eleitos do Cabouco já tomaram posse

Esta quarta-feira, dia 18 de outubro, tomaram posse os eleitos da Freguesia do Cabouco, na sequência do ato eleitoral do passado dia 1 de outubro.

Depois de cumprido um minuto de silêncio pelas vítimas dos incêndios dos últimos dias em Portugal Continental, Adriano Costa, que presidiu a cerimónia de tomada de posse, na ausência da Presidente da Mesa da Assembleia de Freguesia cessante, deu posse aos nove eleitos nas últimas eleições.

Adriano Costa (PS), Vitor Pacheco (PS), Carolina Silva (PS), Nuno Rego (PSD), Adriano Cimbron (PS), Roberto Pereira (PS), Saulina Costa (PS), Elisabete Gonçalves (PSD) e Luís Raposo (PS), foram os primeiros a tomar posse.

Já no decorrer da Sessão Ordinária da Assembleia de Freguesia, foi constituído o executivo da Junta, tendo o presidente eleito proposto para secretário Vitor Pacheco, que foi eleito com sete votos a favor e um branco, enquanto para tesoureiro foi proposto Adriano Cimbron que foi eleito por unanimidade.

Constituído o executivo tomaram posse mais três elementos, Mário Miguel, Marina Pacheco e António Cabral, todos eleitos pelas listas do PS.

Por fim, os membros eleitos elegeram igualmente a Mesa da Assembleia de Freguesia que será agora presidida por Carolina Silva, tendo como 1ª Secretária Saulina Costa e 2º Secretário Roberto Pereira.

No seu discurso de tomada de posse, Adriano Costa referiu que o grande desafio que se impõe à Freguesia do Cabouco consiste na afirmação e transformação numa Freguesia com identidade própria, assente no projeto 37 Anos de Freguesia, 37 Compromissos, 37 Pessoas, apresentado aos Cabouquences. “Uma visão de futuro, um plano de desenvolvimento económico, social e cultural”, segundo referiu.

Recordando a sua eleição por uma maioria expressiva, “expressiva manifestação popular”, Adriano Costa destacou que os próximos anos serão de suma importância no renascimento desta localidade, “mudar, transformar, alterar, requalificar, reordenar, idealizar, serão as palavras-chave”. Diz mesmo ser este o seu compromisso para a construção de um melhor Cabouco.

Recorde-se que nas Eleições Autárquicas de 1 de outubro, o PS venceu para a Assembleia de Freguesia do Cabouco com 72,43% dos votos (620), elegendo sete mandatos, contra os 22,20% (190) do PSD que elegeu dois mandatos.

Votaram, nesta freguesia, 856 eleitores, dos 1.658 inscritos.

DL
(Noticia atualizada)

Categorias: Autarquicas, Local, Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*