Projetos científicos na área do turismo com investimento de um milhão de euros nos Açores

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia destacou esta quinta-feira, dia 12 de outubro, em Ponta Delgada, a importância das conferências científicas realizadas nos Açores para “a projeção internacional da Região e para o seu desenvolvimento social e económico”.

Bruno Pacheco, que falava à margem da Conferência Internacional de Turismo Criativo, subordinada ao tema ‘Culture, Sustainability, and Place: Innovative Approaches for Tourism Development’, frisou que “o turismo é uma das áreas prioritárias da Estratégia de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente dos Açores (RIS3 Açores)”.

Nesse sentido, revelou que, através de um concurso lançado no âmbito do Programa Operacional Açores 2020, estão em curso na Região 22 projetos de investigação científica alinhados com a RIS3, sete dos quais na área do turismo.

“Este concurso representou um investimento global de 2,9 milhões de euros, sendo que um milhão de euros se destinou à área do turismo”, disse.

O Diretor Regional referiu ainda que esta estratégia de investimento é “intensificada” com a participação dos Açores em projetos internacionais com vista a “reforçar as competências baseadas na Região associadas ao turismo, enquanto área de desenvolvimento da atividade económica”.

A este propósito apontou como exemplos os projetos europeus Urban Waste, Smart Destinations e Islands of Innovation.

Organizada pelo Observatório de Turismo dos Açores, Universidade dos Açores, Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e a Thompson Rivers University, esta conferência internacional pretende abordar a relação entre os diferentes papéis e dimensões da cultura no turismo e no desenvolvimento sustentável regional.

Esta iniciativa, com cerca de 140 participantes e mais de uma dezena de oradores de Portugal, Canadá, Nova Zelândia, Alemanha e Holanda, tem como objetivo criar condições para que o turismo, enquanto área científica multidisciplinar, seja capaz de gerar dinâmicas para uma maior capacitação dos intervenientes no setor.

Bruno Pacheco afirmou que o Governo dos Açores “reconhece a mais valia deste evento para o desenvolvimento do setor turístico no arquipélago, tendo, nesse sentido, apoiado financeiramente a sua realização”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*