Abertura de 15 vagas para enfermeiros em São Miguel

O Secretário Regional da Saúde anunciou esta quinta-feira, dia 12 de outubro, em Ponta Delgada, a contratação de 15 novos enfermeiros para a Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel.

“Posso informar que, ao nível das Unidades de Saúde de Ilha, está a decorrer um concurso para a contratação de quatro enfermeiros para Santa Maria e foi aprovado no final de setembro um outro para São Miguel, de 15 enfermeiros, que será lançado em breve”, afirmou Rui Luís, na abertura do Congresso Insular de Enfermagem Açores-Madeira 2017.

Na sua intervenção, o titular da pasta da Saúde salientou que “todos os dias, centenas de profissionais dedicam o seu trabalho a cuidar do outro, mas é preciso também cuidar de quem cuida e estes profissionais merecem ser acarinhados, defendidos e valorizados”, elogiando a prestação destes profissionais.

Rui Luís garantiu ainda a continuidade do programa Estagiar L para os enfermeiros recém-licenciados, depois das instâncias judiciais terem julgado improcedente a providência cautelar apresentada pela Ordem dos Enfermeiros.

“Tal como afirmei em agosto, na cerimónia de vinculação à Ordem, o Governo dos Açores empenhou todos os esforços no sentido de garantir que todos os enfermeiros que, voluntariamente e conhecendo as regras definidas, apresentaram candidaturas ao programa Estagiar L não fossem prejudicados pelo pedido de suspensão realizado pela Ordem dos Enfermeiros“, frisou.

Segundo o executivo regional, nas palavras dirigidas à classe de enfermagem, o Secretário Regional lembrou os desafios das mudanças sociais e culturais, apelando à “capacidade de adaptação e resiliência” destes profissionais.

Rui Luís realçou ainda o trabalho desenvolvido em parceria com a Secção Regional dos Açores da Ordem dos Enfermeiros.

“Esta parceria deve pautar-se por discussões abertas e construtivas, onde estejam vincadas de ambas as partes, para além da defesa dos interesses organizativos, a consciência real da capacidade efetiva do Serviço Regional de Saúde, valorizando os esforços que têm vindo a ser feitos para melhorar a qualidade da resposta integral dos cuidados”, afirmou.

Questionado pelos jornalistas sobre a investigação da Polícia Judiciária em estruturas do Serviço Regional de Saúde, Rui Luís reafirmou que “é dever dos dirigentes e funcionários colaborarem em todos os pedidos de informação realizados pelas entidades que estão a levar a cabo esta investigação”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*