Autárquicas 2017: Ricardo Tavares diz que CDU vai estar atenta ao trabalho da Câmara

A candidatura da Coligação PCP-PEV na Lagoa faz um balanço positivo dos resultados alcançados na noite eleitoral deste domingo, dia 1 de outubro, apesar de não ter conseguido eleger nenhum mandato.

Ricardo Tavares, que foi candidato à Câmara da Lagoa, adiantou ao Jornal Diário da Lagoa que “os objetivos propostos foram cumpridos, que era exatamente obter mais votos do que nas eleições de 2013 e isso foi atingido”.

A coligação PCP-PEV em 2013 tinha chegado apenas aos 1.83% dos votos (113 votos) enquanto nas Eleições Autárquicas do passado dia 1 de outubro, subiram para 2,48% (158 votos), isto para a Câmara Municipal.

Para a Assembleia Municipal a coligação subiu igualmente o seu score eleitoral de 2,47% em 2013 (154) para 3,53% (225). Já no que diz respeitos às Assembleias de freguesia a coligação viu igualmente um aumento na votação do eleitorado de 1,23% (77) para 1,87% (119).

Segundo recordou à nossa reportagem, era igualmente objetivo ser a terceira força representada na Câmara, mas segundo referiu, “ainda não foi desta, daqui a quatro anos voltaremos a tentar, sendo que o mesmo aconteceu na Assembleia Municipal”.

Nas Freguesias, pelos resultados obtidos, com o aumento do número de votos, o candidato da CDU à autarquia lagoense considera que os resultados são animadores para o futuro.

Apesar de não ter sido eleito, Ricardo Tavares deixa a garantia de que a CDU vai ter um trabalho interventivo e ativo nos próximos quatro anos. “Estaremos atentos ao trabalho que será realizado pela autarquia”.

DL

Categorias: Autarquicas, Local, Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*