Armadores podem abastecer viaturas de apoio à pesca com gasóleo colorido a partir de 1 de outubro

Os armadores com viaturas de apoio à pesca podem candidatar-se, a partir de 1 de outubro, ao Sistema de Abastecimento de Gasóleo às Pescas, para abastecerem os veículos com gasóleo colorido.

Através da regulamentação do Decreto Legislativo Regional que estabelece o Sistema de Fiscalização e Controlo do Abastecimento de Gasóleo à Agricultura e à Pesca são definidos os plafonds a conceder em cada ano civil para abastecimento.

Segundo o executivo regional, este ano, excecionalmente, os armadores têm até 31 de outubro para solicitar a respetiva atribuição de plafond.

Recorde-se que a alteração ao Decreto Legislativo Regional que estabelece o Sistema de Fiscalização e Controlo do Abastecimento de Gasóleo à Agricultura e à Pesca nos Açores, segundo a qual as viaturas de apoio à pesca passam a beneficiar de gasóleo colorido, foi publicada em agosto em Diário da República.

A alteração a este diploma, por iniciativa do Governo dos Açores, tem como objetivo reduzir os custos operacionais dos armadores na recolha de tripulação e no transporte de aparelhos de pesca para os portos.

O gasóleo rodoviário com que os armadores abastecem as suas viaturas de apoio à pesca tem um custo de 1,18 euros por litro, enquanto o gasóleo colorido custa 48 cêntimos por litro, o que representa uma poupança de 70 cêntimos por litro.

Os veículos ligeiros de mercadoria ou mistos, com cilindrada inferior ou igual a 3.000 cc e peso bruto igual ou inferior a 3.500 quilos, utilizados como apoio à atividade da pesca, passam a poder abastecer com gasóleo colorido, à semelhança do que acontece no setor agrícola.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*