“Importância da diversidade linguística enquanto pilar democrático da União Europeia”

A Diretora Regional dos Assuntos Europeus afirmou esta terça-feira, dia 26 de setembro, na Lagoa, em São Miguel, que a diversidade linguística na União Europeia, que se traduz em 24 línguas oficiais, além de variadas outras línguas nacionais, regionais e locais, “contribui para os valores da democracia e da igualdade”, além de ser também “garante da transparência e competitividade”.

“A coexistência de várias línguas de trabalho, podendo pressupor alguma complexidade no seu funcionamento, é o garante de uma compreensão máxima entre as instituições e os cidadãos, sendo, por isso, um dos pilares democráticos da União Europeia”, afirmou Célia Azevedo, o que se traduz, por exemplo, no facto de “qualquer cidadão europeu poder comunicar com as instituições europeias em qualquer uma das línguas oficiais, tendo o direito de receber uma resposta na mesma língua”.

Para Célia Azevedo, que falava a alunos do 7.º ano da Escola Secundária da Lagoa, que iniciam neste ano letivo, e pela primeira vez, a aprendizagem de uma segunda língua, esta realidade em nada contraria a importância de atingir a meta de que os cidadãos, muito especialmente os jovens, adquiram conhecimentos e ferramentas que lhes permitam comunicar em mais línguas para além da sua língua materna.

“Esta aprendizagem contribui para compreender identidades, culturas e ampliar a sua visão do mundo, tendo efeitos muito concretos no aumento da empregabilidade”, sublinhou a Diretora Regional, na sua intervenção nesta iniciativa realizada no âmbito das comemorações do Dia Europeu das Línguas, que se celebra anualmente, desde 2001, nesta data.

O Dia Europeu das Línguas visa alertar para a importância da aprendizagem das línguas e diversificar a oferta linguística, de modo a incrementar o multilinguismo e a compreensão intercultural, promover, preservar e valorizar a riqueza da diversidade linguística e cultural da Europa e fomentar a aprendizagem de línguas ao longo da vida, dentro e fora da escola, seja para fins académicos ou profissionais, seja para fins de mobilidade ou por prazer e intercâmbio.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*