Concertos, workshops, vídeos e ilustração celebram a arte dos cordofones

A segunda edição do Festival Cordas, uma celebração da arte dos cordofones, acontece de 10 a 17 de setembro na vila da Madalena, Pico – Açores.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, através de uma série de concertos, no novo Auditório da Madalena, de workshops nas escolas do concelho, de apresentação de vídeos do projeto de A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria e ainda de exposição de ilustrações de Raquel Vila Arisa, a MiratecArts apresenta a segunda edição do Festival Cordas, com parceiro de apresentação, a Câmara Municipal da Madalena e com apoio da Direção Regional da Cultura.

“Os domingos são reservados para eventos especiais de abertura e encerramento ao ar-livre” diz Terry Costa, o diretor artístico da MiratecArts e fundador do Festival Cordas. “Esperamos que a mãe natureza nos ajude a criar eventos únicos na paisagem da cultura da vinha na propriedade da MiratecArts Galeria Costa e no Jardim dos Maroiços.”

A exposição patente durante o Cordas no Auditório da Madalena, e que depois continua na Atlântico Teahouse até outubro, é da autoria de Raquel Vila Arisa. Ilustrações alusivas à temática dos cordofones, entre outros trabalhos no portefólio da jovem catalana, que já faz da ilha do Faial a sua casa há algum tempo.

Raquel Vila Arisa licenciou-se em Arte e Desenho na Escola Massana, em Barcelona. Terminada a licenciatura, fixou-se em Estrasburgo, onde consolidou a sua identidade criativa. Chegou aos Açores em 2015, graças ao Programa Eurodisseia, e já expôs o seu trabalho na Galeria Re.Act na Terceira e na Biblioteca Pública da Horta, no Faial. Ilustrou 2 livros “A Magia dos Encontros” e “Natal em Mindfullness”. No Festival Cordas, providencia a sua primeira exposição na ilha do Pico intitulada (in)ventadas.

DL/Mirateca

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*