Rui Bettencourt quer contributo dos jovens da diáspora na construção da Açorianidade no mundo

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas convidou os jovens da diáspora a integrarem os Açores no seu projeto de vida e, dessa forma, contribuírem para a “construção da Açorianidade” no mundo.

“Ser Açoriano não é só herdar um projeto que é importante”, afirmou Rui Bettencourt, que falava sábado, em Ponta Delgada, no encerramento de uma formação para jovens da diáspora que decorreu durante a semana em São Miguel, sublinhando que este “é um projeto cultural que herdamos, mas é também um momento de partilha de um projeto para o futuro”.

Para o titular da pasta das Relações Externas, “a ideia é que o projeto açoriano e a construção dos Açores de amanhã se façam com a participação de todos”.

Na sua intervenção, salientou ainda que se está a entrar numa fase “muito interessante” na diáspora, por se estar a passar de uma 1.ª e 2.ª geração para uma 3.ª geração, na qual se encontram os mais jovens, como os que estiveram nos Açores a participar neste curso, que têm “uma importância fundamental” nesta fase.

Rui Bettencourt agradeceu aos jovens da diáspora por aceitarem o desafio de “serem Açorianos em todos os sítios do mundo”, com orgulho na sua história, na sua geografia e no seu projeto, realçando a dimensão mundial dos Açores e da sua diáspora.

Para o Secretário Regional, ao participarem nesta ação formativo, estes jovens “estão também a dar o exemplo aos Açorianos dos Açores”, porque “todos os Açorianos, estejam cá ou estejam fora, fazem parte deste projeto”.

A ‘Formação Açores 2017 para Jovens da Diáspora Açoriana’, promovida pelo Governo dos Açores, através da Direção Regional das Comunidades, foi dirigida a jovens açor descendentes oriundos dos EUA, tendo em vista dar a conhecer a realidade atual da Região, incentivando-os a promoverem e divulgarem as potencialidades do arquipélago, proporcionando um espaço de partilha de experiências e de diálogo sobre a influência e o papel que desempenham nas suas comunidades.

DL/Gacs

Categorias: Comunidades

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*