Saúde no arranque do debate da sessão plenária de julho

Um debate de urgência sobre o funcionamento da Unidade de Saúde da Ilha do Pico e as ingerências político-partidárias na sua gestão, apresentado por um grupo de deputados do PSD, CDS-PP, BE, PCP e PPM, deu o início aos trabalhos parlamentares de julho na Assembleia Legislativa dos Açores.

Um outro debate de urgência, apresentado pelo Bloco de Esquerda, sobre o setor das pescas, devido às “dificuldades” vividas pelos pescadores, nomeadamente os “baixos rendimentos”, e também sobre a gestão sustentável dos recursos, terá lugar esta quarta-feira, dia 12 de julho.

Contudo, antes do debate, o Parlamento empossou Ana Cunha, como nova secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas, em substituição de Vítor Fraga, que pediu a dispensa de funções, para se dedicar à candidatura à Câmara Municipal de Ponta Delgada, nas eleições autárquicas deste ano.

Os 57 deputados regionais irão ainda analisar um projeto de resolução sobre a “construção de um refeitório e fornecimento de refeições escolares na Escola Básica e Secundária Mouzinho da Silveira”, apresentado pela Representação Parlamentar do PPM, assim como subirá a plenário a petição “inclusão de uma alternativa vegetariana nas cantinas/refeitórios das escolas da Região”, apresentada por Jessica Costa Pacheco, na qualidade de primeira subscritora.

O PPM leva igualmente um outro projeto de resolução sobre a “formação e ensino de condução das categorias B (ligeiros), A (motociclos) e C (pesados) na ilha do Corvo.

O PCP apresenta também um projeto de resolução que “recomenda ao Governo Regional que apoie as raças bovinas autóctones portuguesas”.

O CDS-PP apresenta um projeto de resolução que  “recomenda ao Governo Regional que promova todas as diligências necessárias junto do Primeiro-Ministro e do Ministro das Finanças do Governo da República no sentido de ser adotada para os açorianos “Lesados do BANIF” a mesma solução que foi desenhada para os “Lesados do BES”, assim como apresenta um pedido de urgência e dispensa de exame em Comissão de um outro projeto de resolução que “recomenda ao Governo Regional que promova todas as diligências necessárias junto do Governo da República, acionista maioritário da TAP Portugal, no sentido de impedir o encerramento da loja comercial da empresa, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel”.

DL/ALRA

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*