Autarquia de Lagoa diz que as contas são prestadas a quem de direito

Sobre as mais recentes notícias sobre o Festival Lagoa ComVida, a Câmara Municipal de Lagoa já emitiu um comunicado adiantando que “a Câmara da Lagoa presta contas ao órgão competente que é a Assembleia Municipal e, nesta medida, este comunicado do PSD Lagoa só revela que o candidato deste partido à Câmara Municipal não fala com os deputados municipais eleitos pelo seu partido e não lê as notas de imprensa da autarquia lagoense, pois se o fizesse saberia que o festival foi promovido e organizado apenas em 2015 pela Câmara Municipal e, desde então, passou a ser organizado por uma empresa privada designada AllEvents, assegurando apenas o apoio logístico associada à montagem dos equipamentos no recinto em em que se faz o festival, bem como a segurança”.

Segundo explica a autarquia no comunicado enviado à nossa redação, “tratando-se de uma empresa privada não é à Câmara Municipal que compete a contratação dos artistas nacionais e nem tão pouco o seu pagamento, pelo que não são despesas que saem do erário público”.

A autarquia termina o comunicado dizendo que “a Presidente da Câmara Municipal só vê este comunicado do PSD Lagoa como uma “politiquice” própria dos períodos pre-eleitorais e que denota, igualmente, uma tentativa desesperada de denegrir o trabalho que a autarquia tem vindo a fazer”.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*