Governo dos Açores confia “nas capacidades e no desempenho” do movimento desportivo

(c) Gacs

(c) Gacs

Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura manifestou a confiança do Governo dos Açores “nas capacidades e no desempenho” do movimento associativo desportivo da Região, considerando que ele contribui “decisivamente para a qualidade e excelência” do Sistema Desportivo Açoriano. 

Luiz Fagundes Duarte, que falava na apresentação da XIII Gala do Desporto Açoriano, salientou que os Açores continuam a ser a região do país “com a mais elevada taxa de participação federada absoluta”, com cerca de 23 mil atletas federados. 

No ano de 2013, os escalões de formação, considerados como “um dos pilares fundamentais” da política de desenvolvimento desportivo da Região, continuam a constituir “a grande maioria dos atleta federados com 75% do total de praticantes”, adiantou. 

Para o Secretário Regional, este nível de prática desportiva deve-se também “ao esforço” dos cerca de 250 clubes que, por toda a Região, “dão diariamente o melhor do seu esforço e dedicação à causa do desporto”. 

Neste processo, o Governo dos Açores, através “da sua política de desenvolvimento desportivo baseada em princípios e indicadores claros e transparentes, justamente apoia o movimento associativo desportivo e as atividades por ele desenvolvidas”, acrescentou. 

Luiz Fagundes Duarte especificou que “a face mais visível desta aposta consciente” do Governo dos Açores é a que “corresponde ao rendimento desportivo, traduzido nas participações nacionais e internacionais, nos resultados obtidos e nas chamadas dos atletas açorianos às seleções e à sua integração no estatuto de Alto Rendimento”. 

O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura revelou que, nesta legislatura, o Governo dos Açores “manterá a aposta em projetos de especialização e melhoria do atual sistema, que permitam ir mais além na preparação dos nossos representantes, tanto mais que os resultados desportivos alcançados são encorajadores”. 

Luiz Fagundes Duarte reafirmou ainda o “compromisso do Governo dos Açores de promover e melhorar as condições para a generalização da prática da atividade física desportiva a todos os níveis e idades, contribuindo para a criação de uma noção global de desporto açoriano, assente no reconhecimento individual da sua importância e na existência de clima de colaboração, entreajuda e parceria entre as diferentes instituições públicas e privadas”. 

Na XIII Gala do Desportivo Açoriano, que decorre este ano, pela segunda vez consecutiva, em modelo descentralizado, serão galardoados cerca de oito dezenas de instituições, dirigentes e atletas.

DL/Gacs

Categorias: Desporto

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*