Festas do Divino Espírito Santo, do Império de São Pedro junta tradições religiosas e populares

As Festas do Divino Espírito Santo do Império de São Pedro, na freguesia de Água de Pau, Lagoa, realizaram-se este fim de semana, dias 23, 24 e 25 de junho e pelo quarto ano consecutivo a festa é organizada pela Câmara Municipal de Lagoa e pelos seus funcionários.

As tradicionais sopas do Divino Espírito Santo, distribuídas este domingo, dia 25 de junho, foram confecionadas pelos funcionários da autarquia lagoense, envolvendo mais de 200 trabalhadores, tanto na parte da logística como na confeção das mesmas, tendo sido servidas a toda a população.

Para Cristina Calisto, presidente da Câmara Municipal de Lagoa, todos os anos o número de pessoas a virem assistir a estas festividades tem aumentado, sendo demonstrativo da importância deste momento religioso para a comunidade lagoense.

De salientar que durante uma semana decorreu o Fórum para a Cooperação Cultural, Educacional e Económica, onde a Lagoa recebeu as vilas e cidades geminadas, dos Estados-Unidos da América, Canadá, Cabo Verde e uma comitiva de mais de 60 pessoas oriundas da Lagoa do Algarve que integraram também as Festas do Divino Espírito Santo, de Água de Pau, participando nomeadamente na coroação deste Império.

De relembrar que em 2016, a Lagoa dos Açores deslocou-se à Lagoa do Algarve, de forma a mostrar esta tradição açoriana dos Impérios em louvor ao Espírito Santo, realizando nomeadamente as sopas do Divino por terras algarvias.

“Era o objetivo, precisamente quando iniciamos este Fórum com as cidades geminadas, que o mesmo culminasse com a participação delas nas Festas do Divino Espírito Santo porque em termos culturais julgo ser a festividade que tem mais a ver com as nossas tradições, não só religiosas mas também populares”, salientou a edil lagoense referindo que assim puderam perceber in loco do que se tratava.

Neste Império de São Pedro participam também todos os mordomos e os Impérios do concelho de Lagoa, sendo demonstrativo das vivencias muito rurais deste concelho e das diferentes comunidades com tradições religiosas.

A tradição do Espírito Santo no concelho de Lagoa terá certamente continuidade nos anos futuros, pois nota-se que as novas gerações estão prontas para dar continuidade as festas do Divino Espírito Santo, principalmente porque gerações muito novas representarem vários Impérios do concelho de Lagoa.

DL/AS

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*