Cerca de 25% dos animais nos Açores já foram rastreados no âmbito do controlo e erradicação da Diarreia Viral Bovina

Segundo o Diretor Regional da Agricultura, cerca de 25% dos animais nos Açores já foram rastreados no âmbito do controlo e erradicação da Diarreia Viral Bovina, uma doença silenciosa e que não é de controlo obrigatório.

Falando no âmbito da Feira Açores 2017, José Élio Ventura adiantou que, neste momento, a taxa de incidência da doença anda na ordem dos 0,57%, ou seja, um em cada 200 animais analisados têm BVD, sendo que o objetivo deste plano visa erradicar a doença e minimizar prejuízos nas explorações agrícolas.

O responsável recordou que, já por diversas vezes, o Secretário Regional da Agricultura e Florestas referiu que após um ano de implemento do plano, ou seja no último quadrimestre de 2017 será revista a portaria, que entre outros aspetos determina o valor das indemnizações pagas aos produtores pelos animais doentes que são abatidos.

A Diarréia Viral Bovina (BVDV – Bovine Viral Diarrhea Virus) é uma doença causada por um vírus RNA membro do gênero Pestivirus da família Flaviridae. Ataca bovinos e outros ruminantes, causando prejuízos económicos nas explorações.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*