JSD/Açores defende maior aposta na saúde escolar

O presidente da JSD/Açores defende que a saúde escolar pode ser “uma solução no combate das elevadas taxas de gravidez na adolescência na Região”, promovendo “a literacia em saúde e a adoção de comportamentos e estilos de vida saudáveis”.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, Flávio Soares falava este domingo, dia 11 de junho, no encerramento da Cimeira Atlântica Jovem, realizada em Ponta Delgada, onde uma comitiva da JSD/Madeira, liderada pelo seu responsável regional André Alves, se juntou aos jovens social democratas açorianos.

Flávio Soares apontou “a interligação com a Direção Regional da Educação e as comunidades escolares como um objetivo de máxima urgência”, uma vez que, “para os jovens, estatisticamente uma população mais saudável, os cuidados de saúde primários têm uma importância reforçada”.

O líder da JSD/Açores pretende “a desburocratização e a desmaterialização do trabalho dos profissionais de saúde, para estes se dediquem, ao máximo, à prestação direta de cuidados de saúde. Essa é uma das nossas necessidades urgentes”, alertou.

Flávio Soares referiu igualmente que “a JSD Açores não irá cruzar os braços”, exigindo “regras claras nas políticas ativas de emprego”, e acusando o Governo Regional de, “nos últimos anos”, ter levado a cabo “sucessivos malabarismos, com mudança de regras a meio do jogo”, pelo que é “urgente e necessária, uma revisão dos programas de emprego na Região, pois esse é o eixo mais importante num processo de emancipação”, frisou.

O líder regional da JSD acredita que “apenas com um contributo sério e uma verdadeira auscultação da juventude será possível melhorar a vida nos Açores. Basta de tapar o sol com a peneira, porque os jovens precisam de ser ouvidos sem qualquer entrave, e a JSD/Açores vai colaborar e contribuir com verdadeiras propostas”, concluiu.

DL/JSD

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*