Antiga Fábrica do Álcool, na Lagoa, vai ser classificada com Imóvel de Interesse Municipal

A proposta de classificação da antiga Fábrica do Álcool da Lagoa como de Interesse Municipal, proposta já aprovada em reunião de câmara por unanimidade, vai ser submetida a aprovação na próxima assembleia municipal, a decorrer no dia 28 de abril.

Segundo a Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, a antiga Fábrica do Álcool foi muito importante para a cidade de Lagoa, salientando que, “ali se deu um período de grande pujança industrial, ali nasceram movimentos sociais e desportivos, ali se criaram as matrizes de uma política cultural que, ainda hoje, passados tantos anos, defendemos: o presépio da Lagoa. Quem não se lembra da paragem obrigatória que representava a visita do presépio desta fábrica pela quadra natalícia.”

Cristina Calisto Decq Mota, que falava no âmbito a sessão comemorativa do 424º aniversário da elevação do Rosário a freguesia, destacou ser importante que “este espaço dignifique o futuro e o desenvolvimento da cidade e que seja um espelho de desenvolvimento e não um atentado à nossa história, querendo sim que o seu destino represente orgulho para as novas gerações.” Salientou que, “ainda que o poder de decisão não seja da câmara, cabe à mesma salvaguardar, preservar e resguardar o destino deste espaço, afastando-o de potenciais finalidades que possam vir a prejudicar o potencial económico, turístico, histórico e patrimonial desta cidade e da freguesia do Rosário e que tem nesta fábrica um ícone.”

Recorda uma nota da autarquia que, na proposta de classificação da antiga Fábrica do Álcool, a Câmara Municipal de Lagoa propõe que a chaminé, os silos, o armazém de materiais, o depósito de enchimento de álcool e granel, o cais e os depósitos do álcool (6 tanques) sejam classificados como Imóvel de Interesse Municipal, justificando a proposta com base nas Categorias e Critérios contemplados na Lei nº. 107/2001, de 8 de setembro (Lei de bases da política e do regime de proteção e valorização do património cultural).

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*