Autarquia oferece leitor de microchips e laço de captura de animais à PSP de Lagoa

A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa entregou à Polícia de Segurança Pública de Lagoa um leitor de Microchips.

O aparelho em causa foi entregue ao comandante da esquadra junto ao Canil Municipal e, segundo a autarca, “será fundamental o seu uso para detetar os proprietários de animais perdidos ou abandonados e nos quais a Polícia de Segurança Pública é chamada a intervir”, servindo, deste modo, para ler o nº do microchip que o animal possui (ou verificar a sua existência) e seguidamente identificar o proprietário.

Trata-se de um instrumento de trabalho que pode contribuir para otimizar a comunicação e a rápida identificação dos animais para se devolver aos seus donos ou então perceber que o mesmo não se encontra identificado. De referir que atualmente a identificação eletrónica através de microchip é obrigatória para cães, equídeos (cavalos), asininos (burros) e muares (mulas), bem como para pequenos ruminantes (caprinos e ovinos).

Cristina Calisto entregou também um laço de captura de cães à polícia de segurança pública da lagoa, que permitirá efetuar a captura de animais errantes de forma mais segura, representando assim um contributo para um melhor desempenho dos agentes policiais no que respeita a esta matéria de abandono e captura de animais na via pública.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*