Açores vencem prémio europeu do sistema 112 na categoria Centros de Operações de Emergência

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) venceu esta quarta-feira, dia 5 de abril, na Hungria, o ‘112 Awards 2017’, prémio que distingue os melhores sistemas do número de emergência europeu.

Para o Secretário Regional da Saúde, este prémio é o reconhecimento do sistema de gestão integrado, despacho e comunicação utilizado no arquipélago, salientando que se trata de “um grande orgulho para os Açores e para todos os Açorianos, pois com este reconhecimento sabem que podem confiar no seu sistema de emergência pela sua eficiência e qualidade”.

“Com esta distinção, os Açores afirmam-se também internacionalmente como um destino turístico seguro”, frisou Rui Luís.

Segundo o executivo regional, o prémio foi anunciado numa cerimónia realizada em Budapeste, que contou com a presença do Presidente do SRPCBA, Carlos Neves, que representou os Açores naquele que é o evento mais importante na Europa no que respeita ao reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo número de emergência 112.

O sistema implementado nos Açores, nomeado na categoria ‘Remarkable Public Safety Answering Point (PSAP) Achievement’, que visa reconhecer um feito extraordinário na área das chamadas de emergência que contribua para a segurança dos cidadãos e para o progresso da segurança pública, foi considerado o melhor da Europa em 2017.

Neste evento, a EENA – European Emergency Number Association distinguiu o sistema de gestão, despacho e comunicação utilizado nos Açores pelas suas caraterísticas únicas, nomeadamente pela dispersão geográfica e pela forma como foi pensado para que o atendimento e resposta em situações de emergência sejam funcionais, mesmo com o atendimento centralizado numa única ilha.

A linha de emergência médica 112, localizada na sede do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, tem associada a Triagem Telefónica de Manchester, um sistema integrado de aconselhamento, o apoio e a gestão de evacuações médicas aéreas e marítimas, assim como a nova rede de telecomunicações, que recentemente também foi considerada um modelo e um caso de estudo internacional.

A EENA distingue anualmente indivíduos e organizações que se destaquem na melhoria e promoção do número de emergência europeu – 112.

Esta associação europeia, que visa contribuir para melhorar o funcionamento dos serviços de emergência para os cidadãos, integra mais de 1.300 representantes de serviços de emergência em oito dezenas de países de todo o mundo, 90 soluções, 11 associações e organizações internacionais, mais de 200 deputados do Parlamento Europeu e cerca de uma centena de investigadores.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*