João Castro quer estratégia nacional para aumentar consumo do leite

Os deputados do PS-Açores na Assembleia da República defendem uma estratégia para o aumento do consumo de leite. Por isso, o parlamentar do PS João Castro questionou a Ordem dos Nutricionistas sobre que estratégias de valorização do leite, sobretudo assentes no seu valor nutritivo, podem ser adotadas a nível nacional, uma vez que o consumo deste produto tem caído.

Durante a audição da vice-presidente da Ordem dos Nutricionistas, Graça Raimundo, no grupo de trabalho sobre o setor leiteiro na Assembleia da República, o deputado socialista lembrou a crise do setor “que teima em persistir”, apesar da sua estruturação e modernização. Esta crise, explicou, é um problema de excesso de oferta, que tem desvalorizado o produto, destacando-se o baixo preço pago à produção.

João Castro apontou que as vendas em supermercado têm subido nos últimos tempos, no entanto, o mesmo não acontece com os produtos lácteos, mais concretamente com o leite. Deste modo, o deputado defende que é necessário identificar o problema para posteriormente se adotar estratégias nacionais adequadas.

O parlamentar do PS, eleito pelo círculo dos Açores, quer que fique claro que o leite tem um alto valor nutritivo, o que não acontece com alguns produtos que utilizam a mesma designação, apresentando-se como substitutos do leite. Estes produtos, que são colocados ao lado do leite nas cadeias de supermercados, têm um valor nutritivo muito reduzido, sendo que alguns obrigam mesmo a cuidados especiais no momento do seu consumo.

A vice-presidente da Ordem dos Nutricionistas sublinhou, em resposta ao deputado João Castro, que o consumo de leite é recomendável pelo seu alto valor nutricional, bem como os seus derivados.

Desta forma, João Castro revelou que o Partido Socialista irá colocar na proposta de relatório do grupo de trabalho que o leite faz parte de uma alimentação equilibrada e que a sua colocação ao lado de outros produtos que nada têm a ver com leite e seus derivados nos estabelecimentos de venda confunde o consumidor sobre a sua qualidade nutritiva. Por isso, o partido recomenda a toda a distribuição no país que retire dos espaços destinados aos laticínios todos os outros produtos, contribuindo, assim, para uma melhor informação ao consumidor.

DL/PS

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*