Promessas Escutistas

No fim-de-semana de 17 a 19 de fevereiro, realizou-se em Santa Cruz uma atividade do Agrupamento de Escuteiros 1290, cujo tema foi “Nós que Unem” e o imaginário foi “Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda”.

“Nós que Unem”, a escolha do tema foi uma forma de refletir sobre a união com todos os irmãos escuteiros, com a família, com a comunidade e com Deus.

O imaginário é um ambiente que tem como propósito envolver um determinado grupo e que, para isso, se traduz por um espírito e uma linguagem próprios, envolvendo, frequentemente, uma história com heróis, grandes figuras, exemplos de vida, símbolos, etc.

O imaginário induz a um sentimento de pertença em relação ao grupo e permite a transmissão de determinados valores.

Foi escolhido o imaginário do “Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda”, porque segundo a história, a Távola redonda era uma mesa onde não haviam pontas pois eram todos considerados irmãos e iguais.

As cerimónias foram presididas pelo Assistente de Agrupamento Padre Nuno Maiato e começaram no Sábado à noite com a realização de uma Vigília de Oração, onde os Escuteiros refletiram na Promessa que iriam fazer no dia seguinte e prosseguiram no Domingo com a realização das Promessas na Missa Dominical na Igreja Matriz de Santa Cruz.

No Domingo, perante o altar, diante dos irmãos escuteiros e na presença da comunidade cristã, fizeram a sua Promessa Escutista Lobitos, Exploradores, Pioneiros e Caminheiros do nosso Agrupamento.

Aos novos Escuteiros o Agrupamento pede para que nunca se esqueçam da sua Promessa e que cresçam e aprendam com a alegria do Lobito, com o gosto pelo desconhecido do Explorador, com o entusiasmo do Pioneiro e com a procura de novos rumos do Caminheiro.

Agrupamento 1290 Stª Cruz – Lagoa
(Artigo publicado na edição impressa de abril de 2017)

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*