PIB cresce 2% nos Açores em 2016 e evidencia retoma da economia regional

Sérgio Ávila quer que artesanato seja uma atividade económica cada vez mais relevante

O Produto Interno Bruto (PIB), indicador que revela a evolução do estado da economia e a produção de riqueza, cresceu 2% nos Açores em 2016, novamente acima da média nacional, que foi de 1,4%, segundo dados revelados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que evidenciam a consolidação da retoma da economia regional.

“Os Açores registaram no último ano um crescimento, em termos reais, de dois por cento, significativamente superior ao país, que teve 1,4 por cento”, frisou o Vice-Presidente do Governo, destacando que “estes dados confirmam a consolidação da atividade económica” na Região.

Sérgio Ávila salientou ainda que “os Açores registam, pelo terceiro ano consecutivo, um crescimento económico que tem vindo, sucessivamente, a ser cada vez mais consistente e consolidado”, após o período de recessão resultante da crise internacional.

“Neste contexto, no último ano, conseguimos atingir o nível mais alto de crescimento económico referenciado nos últimos sete anos”, frisou.

Para o Vice-Presidente, os dados hoje divulgados demonstram também que “o crescimento económico nos Açores é uma realidade consistente, geradora de mais emprego e de mais riqueza”.

Sérgio Ávila acrescentou que também demonstram que “a trajetória que temos vindo a percorrer, consolida esta realidade”, reforçando a “confiança no futuro da Região”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*