Piedade Lalanda sublinha importância da PSP no apoio às vítimas de violência doméstica

(c) Gacs

(c) Gacs

A Secretária Regional da Solidariedade Social destacou hoje o trabalho desenvolvido nos Açores pela Polícia de Segurança Pública no apoio às vítimas de violência doméstica e às comissões de Proteção de Crianças e Jovens em Risco, apontando como exemplos a Escola Segura e as equipas de apoio à vítima.

Piedade Lalanda falava no âmbito das  comemorações no 15.º Aniversário do Comando Regional da Polícia de Segurança Pública dos Açores.

Na sua intervenção, Piedade Lalanda recordou que, nos Açores, o agente da PSP integra a Rede Integrada de Apoio à Vítima, numa relação direta com o Ministério Público e a Segurança Social, para que a situação identificada de violência doméstica seja “rapidamente resolvida, a favor da vítima, incluindo o seu afastamento do agressor”.

Neste sentido, a Secretária Regional considerou que a proximidade da atuação da PSP, descentralizada nas várias ilhas, “favorece o acolhimento das vítimas”, acompanhadas quer na rede de apoio integrado, quer nos núcleos de prevenção e combate à violência doméstica, acrescentando que a “criação do auto de notícia específico para o registo dos casos de violência doméstica em 2007 em muito contribuiu para o reconhecimento e visibilidade deste tipo de crime”. 

Uma polícia de proximidade, frisou Piedade Lalanda, “reforça uma relação de confiança entre as forças de segurança e os cidadãos, contribuindo para reduzir o sentimento de insegurança”.

DL/GaCS

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*