“Turismo de jardins deve ser potenciado como parte da oferta de produtos de natureza”

170469

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou esta sexta-feira, dia 24 de fevereiro, em Ponta Delgada, que o Turismo de Jardins deve ser visto como um produto a desenvolver nos Açores, perfeitamente enquadrado na estratégia de Turismo de Natureza, enaltecendo estes espaços que privilegiam a sua contemplação.

“Eventos como este possibilitam que nos debrucemos sobre um dos produtos peculiares da Região – os seus magníficos jardins – no que diz respeito à conservação, reabilitação, aposta e investimento, potenciando este tipo de turismo como um mercado a desenvolver e a contribuir para a diminuição da sazonalidade”, salientou Marta Guerreiro, que falava na abertura do colóquio Garden Tourism in Portugal and around the World .

Ressalvando a importância da biodiversidade, enquanto elemento fundamental destes espaços contemplativos, Marta Guerreiro referiu o Jardim José do Canto, onde decorreu este encontro, como “exemplo” de um espaço de grande interesse paisagístico e botânico, que deve ser potenciado, cada vez mais, em todas as outras ilhas do arquipélago.

Na sua intervenção, a Secretaria Regional enalteceu “os investimentos que têm sido feitos, e que podem continuar a ser feitos em termos de biodiversidade, na manutenção e promoção destes jardins”, destacando também o trabalho dos projetos de preservação e propagação de espécies de flora em curso, sobretudo através do Banco de Sementes dos Açores.

O Governo Regional defende que o desenvolvimento turístico dos Açores passa, obrigatoriamente, por uma oferta ambiental ímpar, numa estratégia concertada para salvaguarda dos recursos naturais, que potencie a atividade turística do arquipélago como destino de Natureza.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*