EBI Água de Pau: Alunos à conversa com o escritor António Mota

EBI Agua de pau _mar17_A conversa com escritor Antonio Mota

A mãe disse que o mundo é um lugar maravilhoso. A mãe não mente.
In Onde Está a minha Mãe?, de António Mota

É sabido que a leitura é uma forma de diversão, de estímulo ou simplesmente de matar o tempo. Lemos para nos distrairmos com as histórias que os livros nos contam, para nos evadimos do quotidiano aborrecido em viagens imaginárias que nos fazem sonhar… Mas a leitura é também aprendizagem, descoberta das regras e modo de funcionamento do mundo e tem, neste sentido, um potencial didático enquanto instrumento que orienta e ensina quem lê.

Foram estas vertentes lúdica e educativa associadas ao ato de ler que marcaram a sessão com o escritor António Mota, promovida pela Rede Regional de Bibliotecas Escolares, no dia 9 de fevereiro, na EBI de Água de Pau. A iniciativa pretendeu possibilitar um contacto próximo entre o conhecido escritor e o seu público de leitores mais pequenos, alunos do 1º ciclo, abrindo um espaço de diálogo e de descoberta dos caminhos associados à leitura e à escrita.

António Mota, outrora professor do ensino básico, encantou os leitores pauenses com histórias da sua infância e da sua vida, recordando a inexistência de livros na sua casa de menino, em Vilarelho, o seu deslumbramento com os livros da biblioteca itinerante, a publicação da sua primeira obra intitulada Aldeia das Flores e a inspiração que foi colhendo para a escrita dos seus mais de 80 livros. Falou ainda de uma das suas obras preferidas, O Velho e o Mar, confessando a sua paixão pelos livros, enaltecendo-os, por fim, com uma oração divertida que ensinou ao seu público. “Ler não engorda”, repetiram os meninos do 1º ciclo presentes, entusiasmados com os gestos e as palavras que compunham a frase mágica e o conselho do escritor.

A sessão contou ainda com a atuação do Clube de Expressões da BE “Rua da Lua”, numa adaptação do último conto do escritor, Onde está a minha mãe?, que deu a conhecer ao público infantil a grande aventura de Bitó e Fabi, dois coelhos que saíram da toca em busca da mãe, receando contrariar os seus conselhos e recomendações. Juntos, os irmãos enfrentaram um mundo repleto de novos cheiros e perigos, cantando as suas aventuras, ora como fantoches, ora como atores, num cenário animado que recuperou as ilustrações do livro.

A peça terminou com as palavras finais do livro “É assim o mundo!”, numa música interpretada por Fabi que deu voz ao que o clube pensou ser uma das grandes mensagens da obra e um momento de aprendizagem: “Este mundo é assim: há perigos e a aventura não tem fim!”

A equipa da Biblioteca Escolar

Categorias: EBI Água de Pau

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*