BE acusa Governo Regional de promover o rentismo no setor da energia

Paulo Mendes BE bloco de esquerda ALRAA nov16

O Bloco de Esquerda acusa o Governo Regional de promover o rentismo no sector da energia, ao atribuir milhões de euros a empresas privadas que vão produzir energia fazendo concorrência à EDA, empresa pública de eletricidade dos Açores.

O deputado Paulo Mendes apresentou um conjunto requerimentos com perguntas ao Governo sobre três projetos privados que estão nestas condições.

Paulo Mendes salienta que, “tendo em conta que não há capacidade para utilizar, nem armazenar, a energia produzida pelas atuais fontes renováveis, continuar a incentivar investimentos privados nesta área não faz sentido. É como chover no molhado”.

O Bloco de Esquerda entende que o Governo Regional devia já ter realizado estudos sobre a capacidade que a rede pública tem para absorver a energia produzida por fontes renováveis, como forma de sustentar as decisões relativamente a futuros investimentos.

Além das perguntas dirigidas ao Governo Regional, os requerimentos anunciados pelo deputado do BE solicitam o acesso aos contratos de concessão de apoios públicos às empresas Strongsurvival, CAEN e Rida, assim como os contratos celebrados entre estas empresas e a EDA para a venda da energia produzida e eventuais contratos de manutenção de equipamentos.

DL/BE

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*