Governo dos Açores aposta na formação do corpo docente e não docente das escolas

Escola EBI de Lagoa Açores - escola Fisher_Jornal Diario da Lagoa_1

Segundo o Diretor Regional da Educação, o Governo dos Açores vai disponibilizar 36 mil euros às escolas, no ano letivo 2016/2017, para formação do corpo docente e não docente.

José Freire, que falava na abertura do 2.º Encontro Regional de Entidades Formadoras, salientou que a criação dos centros de formação veio “dar resposta a duas necessidades”, designadamente a concretização dos projetos educativos e curriculares das escolas e a atualização das competências dos docentes.

O trabalho desenvolvido pelos centros de formação, segundo José Freire, vai ao encontro dos objetivos do ProSucesso – Açores pela Educação, plano integrado de promoção do sucesso escolar, já que a formação centrada na sala de aula e no contexto da escola “é fundamental” para o desenvolvimento profissional dos docentes.

Nesse sentido, considerou que esse trabalho “é uma peça importante para o sucesso efetivo do ProSucesso”, que passa pela interligação entre a qualidade das aprendizagens, o desenvolvimento profissional e a mobilização da comunidade educativa.

Na sua intervenção, o Diretor Regional frisou ainda que, para possibilitar que “o ProSucesso entre, de facto, nas salas de aula e não fique nos corredores”, a atividade dos centros de formação “é fundamental”.

José Freire salientou que a ação desenvolvida pelos centros de formação terá de se centrar “cada vez mais” em formações que dotem os docentes das ”ferramentas que lhes permitam alterar ou adaptar as suas práticas letivas”.

Os 19 centros de formação das escolas, bem como o da Universidade dos Açores e os dos dois sindicatos de professores, têm 86 ações de formação creditadas, através de nove oficinas e 77 cursos.

DL/Gacs

Categorias: Educação

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*