Governo dos Açores reforça apoios para o setor agrícola e avança com investimentos em zonas afetadas pelo mau tempo

governo-dos-acores-reforca-apoios-para-o-setor-agricola-e-avanca-com-investimentos-em-zonas-afetadas-pelo-mau-tempo

O Conselho de Governo, que reuniu em Angra do Heroísmo, deliberou, entre outras medidas, o reforço da linha de apoio aos agricultores designada SAFIAGRI III, aumentando de 80 milhões para 140 milhões de euros o valor do volume de empréstimos apoiáveis.

“Esta linha foi criada para diminuir os encargos mensais das explorações agrícolas, numa altura de baixa generalizada dos rendimentos do setor devido ao difícil contexto internacional e pretendemos, assim, reforçar este importante mecanismo de apoio”, afirmou o Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares.

Berto Messias, que falava na conferência de imprensa para apresentação das conclusões do Conselho de Governo, realçou também a aprovação do reconhecimento do projecto ‘Reforço da competitividade e da base tecnológica do leite UHT com lançamento de novos produtos’, promovido pela empresa Unileite, como Projeto de Interesse Regional (PIR).

O Secretário Regional referiu ainda que este projeto de investimento vai “reforçar toda a matriz da fileira leiteira quer de São Miguel, quer nas ilhas de São Jorge, Faial e Pico, conferindo-lhe novas soluções, traduzidas no aumento da capacidade produtiva e reforço da competitividade do negócio”, acrescentando que envolve um investimento global de aproximadamente 9,5 milhões de euros.

O Conselho de Governo aprovou também o lançamento do concurso para a empreitada de amortecimento e retenção de caudais sólidos na Grota da Cancela e construção de passagens hidráulicas na Estrada Regional, Rua Nova e Rua do Moio, no lugar da Pedreira, concelho do Nordeste, tendo em vista “a recuperação dos estragos provocados pela pluviosidade intensa da madrugada do dia 3 de setembro de 2015, num investimento orçado em cerca de dois milhões de euros”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*