Autarquia lagoense investiu 270 mil euros em apoios à habitação degradada

Camara de Lagoa Açores edificio selo qualidade (1)

No total, foram 271 famílias lagoenses que beneficiaram de apoio para a realização de obras de recuperação e melhoria das suas habitações. Um investimento autárquico de cerca de 300 mil euros e que confirma, uma vez mais, a aposta que a Câmara Municipal tem concretizado em matéria de política social, em particular, em auxiliar aqueles que mais necessitam.

Segundo a autarquia, estes apoios à habitação degradada traduzem-se em pedidos que foram efetuados e aprovados e que consistiram em 150 pinturas de moradias; 13 ampliações; 48 substituições de cobertura; 15 reparações em instalações sanitárias, entre outras pequenas reparações que foram realizadas.

Tal como refere a líder do executivo camarário lagoense, Cristina Calisto Decq Mota, “trata-se de apoios que demonstram a preocupação e a relevância que a autarquia dá à habitação, um direito de todas as pessoas e uma área que nunca é esquecida nos vários orçamentos apresentados pela Câmara Municipal ao longo dos anos.” Tal como refere, “a habitação é o primeiro passo para possibilitar uma vida condigna a uma família, devendo ser, por este motivo, algo que nunca deve ser colocado para um plano secundário no que se relaciona a investimentos realizados pela edilidade em prol do bem estar dos seus munícipes.”

Em seu entender, “apesar das restrições orçamentais impostas aos municípios, é um investimento que se justifica e que se tem mantido, pois se prende com a necessidade de apoiar  as famílias com menores recursos financeiros, sendo certo que para que se assista ao progresso que se pretende para o concelho, a autarquia tem que ter como prioridade a área social e solucionar os problemas existentes de famílias que ainda não vivem nas melhores condições de habitação, nomeadamente no que diz respeito à segurança, higiene e conforto. É, neste contexto, e numa conjugação de esforços constante entre as entidades públicas, que se tem concretizado um trabalho justo perante a comunidade e de um executivo que está ao lado das famílias nos momentos mais difíceis numa perspetiva de melhorar sempre a sua qualidade de vida.”

DL/CML

 

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*