Ribeira Grande celebra o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

help-portrait-ribeira-grande-celebra-o-dia-internacional-da-pessoa-com-deficiencia2

A segunda edição do projeto Help-Portrait Ribeira Grande confirmou as expetativas traçadas e juntou cerca de oitenta pessoas no evento de fotografia solidária, praticamente o dobro em relação ao total de pessoas fotografadas no ano passado.

Este ano, o Help-Portrait Ribeira Grande associou-se às comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, juntando no Teatro Ribeiragrandense cerca de meia centena de utentes dos Centros de Atividades Ocupacionais da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande e da Maia.

Segundo a autarquia, foi um dia diferente para os utentes dos CAO’s que tiveram oportunidade de ser fotografados num ambiente de luz controlada, levando no final a fotografia impressa como recordação do dia.

Para que os modelos por um dia pudessem estar maquilhados e com os cabelos arranjados, receberam os cuidados especiais de Otília Botelho, Glória Monteiro e Lília Russo, sendo fotografados por Gonçalo Almeida e Sandro Porto. A impressão das fotografias na hora esteve a cargo do atelier de fotografia Silva Moura.

Para assinalar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, os utentes de ambos os CAO’s partilharam um bolo alusivo à efeméride e confraternizaram durante alguns momentos no foyer do Teatro Ribeiragrandense, momento que contou com a presença do presidente e da vice-presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio e Tânia Fonseca, respetivamente.

Com o enfoque colocado nas pessoas e na fotografia solidária, o movimento Help-Portrait Ribeira Grande cumpriu os objetivos propostos pois fotografou, imprimiu e ofereceu as fotografias a pessoas que por circunstâncias diversas da vida nunca puderam ter acesso a uma fotografia de família.

O movimento Help-Portrait foi fundado pelo norte-americano Jeremy Cowart, com o objetivo de retribuir à comunidade o seu talento enquanto fotógrafo. Em pouco tempo a ideia transformou-se num movimento internacional e até numa mudança na forma como as pessoas lidam com a fotografia – usando-a como veículo para alimentar a auto-estima das pessoas.

DL/CMRG

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*