Governo Regional continua a apostar na qualificação do destino Açores

governo-acores-xii-legislatura-2016-marta-guerreiro-secretaria-energia-ambiente-turismo

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo assegurou que o Executivo vai “continuar a trabalhar para manter as caraterísticas que tornam os Açores diferentes e peculiares” no quadro do turismo mundial.

Marta Guerreiro, que falava no encerramento da final nacional da ‘Expresso BPI Golf Cup’, frisou que, “de uma forma singular, os Açores conseguem aliar uma beleza paisagística e uma qualidade ambiental ímpares, às quais os Açorianos têm vindo a acrescentar a vertente da experiência turística”.

Na sua intervenção, salientou que os dados mais recentes, referentes aos primeiros 10 meses deste ano, indicam que “conseguimos ultrapassar um milhão e cento e cinquenta mil passageiros desembarcados nos aeroportos açorianos”, o que representa um crescimento acumulado de 22% face a igual período de 2015, que já tinha registado um crescimento de 19% face ao ano anterior, afirmando que o Governo dos Açores garantiu um enorme salto qualitativo e quantitativo ao nível das acessibilidades áreas para a Região.

A Secretária Regional referiu ainda que a instabilidade existente em alguns dos habituais destinos de férias dos europeus e norte-americanos, aliada à segurança que carateriza os Açores e ao aprofundamento das acessibilidades aéreas, com novas ligações entre o exterior e o arquipélago, devem também contribuir para a consolidação dos números registados nos últimos anos.

Nesse sentido, frisou que “importa ao Governo dos Açores, em estreita articulação com os restantes agentes económicos, conciliar os interesses de um desenvolvimento económico e social harmonioso com a necessária sustentabilidade dos recursos naturais, em especial os terrestres e os marinhos”.

Marta Guerreiro salientou que a criação da Secretaria Regional visa este objetivo, tendo em vista garantir as melhores condições para que a iniciativa privada atue, evoluindo, diversificando e qualificando a oferta turística dos Açores, estando também atenta às implicações do crescimento da atividade turística, atuando na defesa do património ambiental.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*