Rede das Cidades Educadoras é um verdadeiro projeto político de sociedade

Dívida de empréstimos bancários do grupo autárquico de Ponta Delgada diminuiu cerca de 3,5 milhões de euros

Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, a Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, da qual Ponta Delgada é membro, constitui um “verdadeiro projeto político, mas mais do que um projeto político de mandato, é um projeto de sociedade”.

José Manuel Bolieiro falava na sessão de abertura do Encontro Nacional da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras,que esta manhã decorreu no Teatro Micaelense, logo após a atuação do Grupo Violas da Terra.

Considerando a inclusão de Ponta Delgada na Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras como fundamental, o Presidente da Câmara defendeu a necessidade de “afirmar um projeto que eduque e forme a personalidade do indivíduo, mas que tenha, através da governação local e geral, uma ideia de formação de caráter do nosso povo”.

No entanto, alertou para a necessidade de “ter a noção realista de que importa identificar aqueles que hoje são «pontos negros» de deseducação cívica, de constrangimento do comportamento cívico e educador para os eliminar.

É, por isso, tarefa árdua e abrangente, por um lado e primordialmente, criar princípios e valores com vista à construção de uma cidade educadora, com projetos nossos, de envolvimento cívico e de planeamento, mas também ter a coragem de afirmar a opção pela eliminação progressiva dos elementos que são deseducadores.”

Só assim, na sua opinião, “se conseguirá criar, com eficácia prática, princípios e valores e passar das intenções às ações de promoção e de combate. Este é um desafio que, no Poder Local, pela proximidade, podemos realizar. A Câmara de Ponta Delgada está disponível para esse efeito.”

Neste sentido falou sobre as várias parcerias entre a Câmara de Ponta Delgada e os estabelecimentos de ensino, incluindo a Universidade dos Açores, assim como todos os projetos que a Autarquia tem vindo a desenvolver nas escolas do concelho.

A conferência inaugural, intitulada “Os Municípios, as escolas as políticas educativas – Análise e debate segundo a questão e debate segundo a questão da(s) autonomia(s)”, foi proferida pel Professor João Pinhal, do do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.

DL/CMPD

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*