Governo dos Açores classifica Arquivo José Bruno Tavares Carreiro como de Interesse Público

Biblioteca Arquivo Regional Ponta Delgada

O Governo dos Açores classificou como sendo de Interesse Público o conjunto de bens móveis denominado Arquivo José Bruno Tavares Carreiro, que integra cerca de 14 mil documentos, segundo uma resolução publicada em Jornal Oficial.

Os documentos que integram este arquivo são propriedade dos herdeiros de José Bruno Tavares Carreiro e encontram-se depositados na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada.

Este arquivo de família, com cerca de 14 mil documentos elaborados entre 1876 e 1967, inclui vários testemunhos da vida privada e pública de José Bruno Tavares Carreiro, importante personalidade da vida política e cultural na primeira metade do século XX, destacando-se a sua atividade jornalística, ligada à fundação do jornal Correio dos Açores, a defesa das questões autonómicas, a projeção dos Açores no exterior e o incentivo à aviação atlântica, assim como a sua atividade como homem de letras e de cultura e a investigação que realizou sobre Antero de Quental.

DL/Gacs

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*