Vasco Cordeiro pede voto forte no PS para dar mais força aos Açores

ps-acroes-vasco-cordeiro-festa-socialista-pinhal-da-paz-sao-miguel-eleicoes-legislativas-2016_1

Vasco Cordeiro apelou, este domingo, aos Açorianos para que no próximo dia 16 de outubro haja “um voto forte no PS, porque é com a força do voto no PS que poderemos dar mais força aos Açores e mais força à nossa Autonomia”.

O Presidente do PS, que discursava na Festa do Pinhal da Paz, perante milhares de Açorianos, destacou que o PS/Açores é o “líder da renovação e das políticas”, salientando a “estabilidade e a segurança que a maioria parlamentar do PS assegura”, no Parlamento Açoriano.

O líder dos socialistas Açorianos saudou a lista do PS pelo círculo eleitoral de São Miguel, que “conta com o contributo de socialistas e de não socialistas, uma lista de experiência, de renovação e de juventude, de homens e mulheres que respondem ‘Presente’ a este desafio pela nossa terra e pela nossa gente”.

O Presidente do PS/Açores lembrou que os últimos quatro anos foram “muito exigentes e muito desafiantes, sobretudo para as famílias e para as empresas dos Açores”.

Vasco Cordeiro lembrou que, nos últimos 4 anos, “estendemos a rede de creches a todos os concelhos da nossa Região, reforçámos os descontos para as famílias numerosas para as creches, jardins de infância e amas; investimos mais de 30 milhões de euros na infância e juventude dos Açores. Aumentámos o número de médicos, de enfermeiros, de cirurgias e de consultas”, desejando agora “mais rapidez na resposta às listas de espera, mais rapidez dos serviços de saúde, para que possamos ter um Serviço Regional de Saúde de qualidade, ao serviço dos Açorianos”.
O líder dos socialistas Açorianos assegurou que quer continuar a “apoiar os idosos, reforçando o valor do cheque pequenino e reforçando o valor do abono de família”.

Vasco Cordeiro disse também “querer vencer os desafios que estão à nossa frente, na área da habitação, criando mais e melhores condições para que os jovens casais possam ter uma habitação condigna, reforçando a sua integração na nossa sociedade”.

O socialista sublinhou que foi o Governo dos Açores do PS que “propôs, negociou e concretizou a melhoria das acessibilidades aéreas”, que tem possibilitado o crescimento do turismo nas nossas ilhas, com efeitos também na área do emprego.

Recorde-se que nos Açores, o PS governa há 20 anos, tendo 31 dos 57 lugares na Assembleia Legislativa dos Açores, enquanto o PSD, o maior partido na oposição, conquistou 20 mandatos. O CDS tem três deputados no parlamento regional. BE, PCP e PPM conseguiram um mandato cada.

O círculo de São Miguel vai eleger 20 deputados, a 16 de outubro, menos um dos que os eleitos no sufrágio de 2012.

DL/PS

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*