Proposta do PSD sobre a Agricultura Familiar foi rejeitada

ANTONIO-VENTURA-AR-8JAN2015

Foi aprovado na Assembleia da República a Proposta de Lei n.º 323/XI que vem da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores e que incide sobre as taxas contributivas para a Segurança Social.

Numa nota enviada à nossa redação, os deputados do PSD/Açores dizem lamentar que esta proposta não seja melhor, porque entregaram, em Comissão de Agricultura uma proposta para melhorar esta iniciativa que vem do Parlamento Regional.

Segundo o Deputado António Ventura, “a proposta do PSD era mais benéfica para a agricultura familiar nos Açores, pois os agricultores iriam pagar menos para a Segurança Social, porém, incompreensivelmente a nossa proposta foi rejeitada pelo PS, o BE e o PCP, ou seja, foi rejeitada pela maioria de esquerda”.

O parlamentar referiu que “num momento em que oito ilhas dos Açores sofrem um dramático e continuado despovoamento e envelhecimento e onde a agricultura familiar pode ser um motor que contraria este drama, não se compreende esta rejeição”.

António Ventura argumenta que “a proposta do PSD de alteração com vista à redução das taxas contributivas permite manter a matriz familiar da agricultura nos Açores, porque assim estamos a manter e a criar emprego”.

O Parlamentar continuou mencionando que “a nossa proposta era de toda necessária tendo em conta que a crise no setor do leite persiste nos Açores, com descidas do preço do litro de leite pago ao produtor e a imposição da redução da produção”.

Afirma ainda o Deputado que a crise do leite “já alastrou a outros setores como o da bovinicultura de carne, manifestando-se no preço da carne pago ao produtor e, até mesmo em dificuldades de escoamento”.

DL/PSD

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*