Governo dos Açores promove campanhas regionais de sensibilização para a separação e boa gestão dos resíduos

Governo dos Açores promove campanhas regionais de sensibilização para a separação e boa gestão dos resíduos

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente participou esta terça-feira, dia 19 de julho, em Vila do Porto, no lançamento da campanha ‘Missão Reciclar’, iniciativa que vai decorrer nos próximos dois meses em Santa Maria, destacando que estão em curso nos Açores várias ações de proximidade para a promoção de boas práticas na gestão de diversos tipos resíduos.

Segundo o executivo regional, através desta iniciativa, a Direção Regional do Ambiente, com a colaboração da Câmara Municipal e das Juntas de Freguesia da ilha, vai ‘bater à porta’ dos lares marienses, entregando ecopontos domésticos para a reciclagem de resíduos de embalagens.

Na sequência da entrada em funcionamento do Centro de Processamento de Resíduos, inaugurado segunda-feira pelo Presidente do Governo no âmbito da Visita Estatutária a Santa Maria, e da selagem do aterro da ilha, o Secretário Regional afirmou que provocam “naturalmente um reajustamento dos procedimentos” e esta ação tem por objetivo promover a separação de resíduos urbanos para reciclagem.

Neto Viveiros salientou que, paralelamente a esta ação específica para a ilha de Santa Maria, estão a decorrer outras campanhas regionais sobre o destino correto a dar aos “bio resíduos” e à “roupa usada”, dinamizadas pelos Parques Naturais, em colaboração com as autarquias e outros serviços da Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente de cada ilha.

As iniciativas visam informar e sensibilizar a população para a importância da separação dos resíduos e para o seu encaminhamento correto, por forma a diminuir as quantidades destes resíduos depositados em aterro.

Os bio resíduos e a biomassa vegetal e florestal podem ser entregues gratuitamente, até cinco toneladas por ano, nos Centros de Processamento de Resíduos, quando o seu detentor seja pessoa singular ou, quando possível, usados para compostagem doméstica, podendo o composto ser utilizado como fertilizante nas culturas agrícolas e jardinagem.

Os bio resíduos são resíduos biodegradáveis de espaços verdes, como jardins, parques ou campos desportivos, e resíduos biodegradáveis alimentares.

A biomassa vegetal resulta de matérias provenientes da agricultura, silvicultura ou dos desperdícios da atividade florestal.

Relativamente às roupas usadas que ainda possam ser reutilizadas, o contentor do lixo não é o destino adequado, desde logo por terem componentes de difícil degradação natural, tendo o titular da pasta do Ambiente sensibilizado para a sua utilidade social.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*