50 anos da Ribeira Chã no Parlamento dos Açores

Os deputados regionais, reunidos na cidade da Horta, ilha do Faial, aprovaram um voto de congratulação pela passagem dos 50 anos da Freguesia da Ribeira Chã. O voto foi apresentado pelo deputado do PSD/Açores, José Andrade, e foi aprovado por unanimidade.

O parlamentar recordou que esta freguesia é a mais pequena doa Região Autónoma dos Açores, e uma das seis mais pequenas da ilha de São Miguel, mas que merece a mesma dignidade de qualquer uma das 156 freguesias dos 19 concelhos das nove ilhas dos Açores, pelo Parlamento dos Açores.

José Andrade,  que recordou a história desta freguesia rural do concelho de Lagoa, adiantou que volvido meio século de vida e comemorada a data da sua fundação, serve a efeméride para homenagear a população. Isto porque, segundo fez questão de recordar, esta elevação a freguesia muito se deveu ao dinamismo do padre jorgense João Caetano das Flores, que ali chegou em 1956 e ali permaneceu até falecer em 1998.

O parlamentar reforçou que à população se fica a dever o progressivo desenvolvimento de uma comunidade local sucessivamente liderada por seis presidentes de junta.

O voto, segundo adiantou, serve igualmente como pretexto para celebrar o Poder Local e para salientar a importância das mais pequenas freguesias açorianas.

A este voto associou-se a deputada do PS/Açores Cecília Pavão, tendo reforçado que “a Ribeira Chã, é de facto um belíssimo exemplo de que uma pequena freguesia, em número de habitantes, pode ser grande em vontade e determinação”.

“É uma freguesia que tem um grande dinamismo cultural, sentido de comunidade e congrega várias entidades que se presam em trabalhar para o bem comum”, disse.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*