Deputados do PS aguardam com expetativa medidas para o setor do leite

João Castro PS Assembleia Republica

Os deputados do PS/Açores na Assembleia da República aguardam com expetativa as medidas para setor do leite que possam resultar da reunião do Conselho de Ministros da Agricultura, agendada para o dia 18 de julho.

João Castro, no âmbito de uma audição do Ministro da Agricultura, Capoulas Santos, reconhece que “apesar da modernização de que foi alvo o setor, bem como de algumas medidas tomadas, a situação continua difícil, com muitos produtores em situação de pré-falência, numa degradação sucessiva da rentabilidade das suas explorações”, argumentando que “o que se verifica, de facto, é uma enorme desvalorização do leite, um produto considerado de alta qualidade e com um preço competitivo no contexto europeu”.

O parlamentar do PS/Açores na Assembleia da República fez questão de registar a ação do Ministério da Agricultura que com este governo “deixou de assobiar para o lado e mesmo não tendo estado na origem do problema, esteve sempre em contacto e do lado dos agricultores, defendendo também, junto da União Europeia, os interesses de Portugal”.

Na sua intervenção, João Castro elencou um conjunto de já implementadas pelo atual governo, lançando, de seguida, um desafio ao setor: “Importa que a produção, a indústria e a distribuição encontrem plataformas de entendimento na implementação de uma estratégia que atenue os efeitos desta crise”.

O deputado do Partido Socialista defende uma redução dos custos de produção e para a indústria, aponta a “promoção de marcas de fabricantes com novos produtos que gerem valor acrescentado e que possam traduzir um aumento dos pagamentos à produção”.

Já no que diz respeito à distribuição, “que terá que assumir também responsabilidades no processo, contrariando a desvalorização do produto”, o deputado do PS/Açores propõe que se evidencie as qualidades do leite, que se promovam ações de sensibilização dos consumidores e que “seja dada maior visibilidade ao leite, destacando-o, nos seus espaços, também pela sua origem”.

DL/PS

Categorias: Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*