PS/Açores congratula-se com o fim da greve dos estivadores

PS Açores sala imprensa sede

Segundo uma nota enviada à nossa redação, o PS/Açores congratula-se com o fim da greve dos estivadores no Porto de Lisboa e “estranha que o PSD/Açores e os restantes partidos que, na Região, tanto clamaram pela tomada de medidas de exceção, não sejam agora capazes de reconhecer os méritos da atuação serena e responsável dos governos da República e da Região”.

“Como sempre se percebeu, não era legalmente possível acionar o mecanismo da requisição civil, ao contrário do que insistentemente disse o deputado Duarte Freitas”, esclarece a mesma nota. 

Cumpridos os serviços mínimos acordados – e que, mesmo assim, eram, “no caso da Região, o dobro do que aconteceu na anterior greve da estiva em Lisboa, quando era Governo na República o PSD e o CDS -, qualquer tentativa de requisição civil seria apenas fogo de vista político, sem qualquer consequência prática”.

“Duarte Freitas foi lesto a dizer o que era politicamente conveniente, tentando tirar partido político de uma situação que causava problemas à economia regional, mas, perante o assunto resolvido, não é capaz de reconhecer que se precipitou e que não tem a preparação e a ponderação necessárias para lutar responsavelmente pela defesa dos interesses dos Açores”, referiu o PS. 

Para o Partido Socialista, “os Açorianos sabem com quem podem contar sempre que os seus legítimos direitos estão em jogo. A governação do PS/Açores foi mais uma vez sinónimo de confiança e serenidade. Com equilíbrio e estabilidade, superámos mais um desafio!”

Finalmente, o partido politico realça que “felizmente, a economia dos Açores não está dependente dos devaneios de quem só pensa em fazer campanha eleitoral, mas depende em primeira instância de quem governa com sentido de responsabilidade e com um empenho sempre renovado”.

DL/PS

Categorias: Desporto, Política

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*