Festival Lagoa ComVida promete ser um evento convidativo para todas as gerações

IMG_5854

O Cartaz do Festival Lagoa ComVida, edição de 2016, foi anunciado esta quinta-feira, dia 14 de abril. Festival que decorrerá nos dias 1, 2 e 3 de julho, na Frente Marítima do Portinho de São Pedro, na cidade de Lagoa.

A banda internacional, mais concretamente do Brasil Pollo irá dar inicio ao Festival. Já o segundo dia, contará com a banda nacional, os The Gift, que estão a assinalar 20 anos de carreira, sendo o último dia reservado à fadista portuguesa Carminho, encerrando o Lagoa ComVida de 2016.

Consequentemente, no dia 1 de julho, pelas 21h30, sobe ao palco os açorianos Urkesta Filarmoka, seguida do concerto dos Pollo e terminando pelo Dj oficial de Anselmo Ralph, The Machine.

Para o segundo dia do Festival Lagoa ComVida, decorrerá um passeio de bicicleta no Concelho de Lagoa com a oferta de um lanche, seguido por uma mega aula de Zumba. A banda regional, Deep Blue Project, dá inicio aos concertos da segunda noite do festival e o aguardado momento dos The Gift terá lugar pelas 22h30, seguido do Dj nacional Steven Rod.

No último dia do festival, será realizado um trilho pedestre na “Janela do Inferno” com o transporte e o lanche incluído, seguido às 14h00 pelo espetáculo infantil, Sónia e as Profissões, do participante do programa The Voice, Romeu Bairos e da cantora portuguesa Carminho.

Os bilhetes estarão à venda a partir do dia 26 de abril e terão o valor de 5 euros para o dia 1 de julho, 10 euros para o dia 2 de julho e de 7.5 euros para o último dia. Um Passe Geral de pré-venda, até ao dia 30 de junho, estará à venda pelo valor de 10 euros, para todos os espetáculos, à exceção do espetáculo infantil, que terá um custo de 5 euros para os adultos, sendo que as crianças até aos 12 anos não pagam.

A organização este ano do Festival Lagoa Comvida conta com algumas modificações, nomeadamente, pelo facto que no ano passado a organização foi exclusiva da Câmara Municipal de Lagoa, nesta segunda edição, a empresa All Events, associou-se em parceria à Câmara Municipal de Lagoa para promover o festival.

Assim sendo, esta entidade privada contratou os artistas e irá suportar os custos do Festival, sendo que a Câmara Municipal de Lagoa é parceira na disponibilização do espaço, nas condições de segurança, nas licenças necessárias para a realização do evento e na logística operacional.

“O nosso objetivo, é promover o nosso Concelho, do ponto de vista da animação junto da população jovem sobretudo”, salientou a Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto Decq Mota.

O evento irá realizar-se no mesmo recinto do que no ano anterior, na Frente Marítima do Portinho de São Pedro, que tem uma área de 8 mil metros quadrados, podendo acolher até vinte mil pessoas, sendo “um espaço aberto, que beneficia de uma vista privilegiada sobre o mar e sobre a nossa costa aqui da cidade de Lagoa e depois goza de fáceis acessos em termos de circulação automóvel e também para estacionamento”, referiu a edil lagoense.

“Este festival quer ser um evento que entre na agenda regional dos festivais de música, é esse o objetivo: consolidar o nosso nome neste âmbito e também mobilizar a juventude da nossa ilha”, esclareceu a autarca, sendo que outra modificação nesta segunda edição do festival é a componente desportiva associada ao Lagoa ComVida, com um trilho pedestre e uma mega aula de zumba para favorecer a atividade física e o bem estar.

Esta segunda edição teve em conta todas as gerações e uma especial atenção para as crianças e para proporcionar um bom momento familiar com o espetáculo infantil, dedicado às crianças, Sónia e as profissões.

Outra novidade é a mudança de imagem do Festival Lagoa ComVida, diferente do ano anterior, que vem na sequência da mudança de imagem em relação a todo o Concelho, tentando enquadrar na nova imagem do Concelho.

“O objetivo subjacente é sempre a dinamização do nosso concelho. Quando um pai vem ao concerto da tarde de domingo que temos, o nosso objetivo é que de manhã já tenha passado pelas piscinas, depois do festival possa ir jantar na Lagoa e até ficar para o concerto da Carminho à noite. Naturalmente dinamizando quer as nossas zonas de lazer e turísticas, quer também a nossa gastronomia e os nossos restaurantes ou até mesmo os nossos espaços museológicos”, salientou Cristina Calisto Decq Mota, demonstrando que o Festival Lagoa ComVida vem dinamizar todo o Concelho Lagoense e que é uma mais valia para a Cidade de Lagoa.

DL/AS

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*