Governo dos Açores e armadores de São Miguel acordam redução nas capturas de chicharro

Açores-SãoMiguel-Diario-Lagoa-Pexie-Chicharro

A Secretaria Regional dos Recursos Naturais e os armadores de chicharro de São Miguel negociaram um entendimento para a gestão da pescaria desta espécie através da redução de capturas nos portos da ilha, prevenindo o excesso de oferta e a consequente diminuição de rendimentos de armadores e pescadores.

Este acordo foi alcançado numa reunião realizada em Ponta Delgada, em que participaram, entre outros, os 14 armadores de cerco da ilha de São Miguel, além do Diretor Regional e do Inspetor Regional das Pescas, e que ocorreu na sequência dos contatos e encontros que regularmente têm sido realizados também com representantes e organizações do setor.

O Secretário Regional dos Recursos Naturais revelou que, “em cada dia que os pescadores vão ao mar, trazem para terra cerca de 300 a 400 quilos a mais do que aquilo que o mercado consome”.

Luís Neto Viveiros salientou que os armadores se comprometeram com a redução do esforço de pesca, cujos resultados vão ser avaliados no final do mês de março, adiantando que nessa altura será feita “uma avaliação detalhada”.

Esta iniciativa integra-se nas medidas que o Governo dos Açores tem vindo apresentar com vista à valorização do pescado, em particular das espécies com menor valor comercial, através da promoção e da transformação, envolvendo os intervenientes associativos e privados.

Pretende-se desta forma gerar mais-valias a jusante e montante do setor através da gestão das pescarias, do estímulo ao consumo interno e do fomento de exportações de qualidade, mas também contribuir para melhorar os rendimentos e a dignidade dos profissionais da pesca, garantindo, simultaneamente, a sustentabilidade futura dos recursos.

Em 2012, para apoiar pescadores e compradores, a Secretaria Regional dos Recursos Naturais determinou a redução das taxas de lota praticadas na Região.

DL/GaCS

Categorias: Regional

Deixe um comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*