Banda Filarmónica Estrela D´Alva comemorou o seu 129º aniversario

Banda Filarmonica Estrela Alva_aniversario 2016-

No passado dia 2 de fevereiro a Banda Filarmónica Estrela D´Alva, de Santa Cruz – Lagoa, comemorou o seu 129º aniversario, sendo uma data importante e assinalada por esta banda lagoense.

Este ano, a comemoração do aniversario da Banda Filarmónica foi celebrada, como já vem a ser hábito, em simultâneo com a realização do tradicional Cantar às Estrelas em Santa Cruz e com a festa em honra da Nossa Senhora da Estrela.

No entanto, e em declarações ao jornal Diário da Lagoa, a presidente da direção da Banda Filarmónica Estrela D’Alva, Sandra Moniz, recordou que, na comemoração de mais este aniversário, houve uma homenagem que fez toda a diferença. Assim sendo, foi homenageado um dos antigos membros da direção, neste caso concreto João Morais. “Neste momento, por motivos de saúde está acamado. E então a banda resolveu fazer uma homenagem tocando o hino mesmo à porta da casa do senhor, que da janela ia ouvindo a Filarmónica, os membros da direção foram cumprimentar João Morais. De regresso à sede, tiramos uma foto com os filhos dele”, frisou Sandra Moniz.

Este tipo de banda, sendo vista pela sociedade como uma arte menos moderna, por vezes atravessa situações mais complicadas, nomeadamente para atrair e manter os seus jovens. Consequentemente, explicou Sandra Moniz: “hoje em dia há muitos grupos, desportivos, culturais de varias artes e a juventude está toda espalhada por estes e é muito difícil manter jovens numa filarmónica que, supostamente, é uma “coisa” antiga, mas ainda há jovens que, muitas vezes por os pais terem lá estado, querem participar e seguir os passos dos pais ou avós”.

A Filarmónica Estrela D´Alva tem neste momento 38 elementos, com uma faixa etária dos 8 aos 60 anos, sendo que o membro mais idoso pertence à banda há mais de 30 anos. “Nós, à nossa maneira, vamos tentando implementar a cultura musical mais tradicional, da arte musical, que nem sempre é compreendida mas quem entende de música sabe que aquela arte vai buscar muitos compositores famosos, que se houve falar mas nem sempre se conhece. A Estrela D´Alva vai buscar esse tipo de musica, tenta destacar-se no meio de tantos grupos e assim tentar acompanhar a atualidade”, salientou a presidente da Banda Filarmónica Estrela D´Alva.

Uma das formas de atrair e de manter os jovens nesta Filarmónica é através da escola de música e da divulgação da mesma por parte dos jovens, sendo gratuita possibilita que as pessoas mais desfavorecidas possam aprender musica. Por outro lado, os intercâmbios também são uma forma de partilha e um incentivo para formar profissionais na área musical.

DL/AS

Categorias: Cultura, Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*