“Liberdade de expressão sim, sempre com bom senso, respeitando a lei e em nome do informar e formar”

A Conversa COm _Rui Gloutar_mar16-

A Casa da Cultura Carlos César acolheu a terceira sessão de educação para a política e cidadania com o jornalista Rui Goulart, sob o tema “jornalismo e a liberdade de expressão”.

Durante esta sessão o jornalista da RTP Açores dinamizou a sessão dedicada ao jornalismo e à liberdade de expressão, demonstrando como o tema em questão, deve estar ao serviço da democracia. Rui Goulart expôs exemplos da sua experiência profissional, tanto no jornalismo público como também no privado e comparou as formas como se comunica num e noutro através da liberdade de expressão, conseguindo captar a atenção da jovem plateia.

Em declarações ao Jornal Diário da Lagoa, Rui Goulart explicou que tentou falar sobre a liberdade e os limites da mesma. “Isto porque existe a liberdade de expressão mas a própria liberdade tem limites, não só limites jurídicos mas também de bom senso, de reflexão e morais”.

Rui Goulart referiu que tentou passar aos jovens que “a nossa liberdade de expressão não deve ter limites mas deve ter uma reflexão e ponderação”.

O jornalista adiantou que “esta liberdade deverá ter sempre em conta o respeito pelas outras culturas, religiões, e não apenas só por esse direito, é preciso ter essa preocupação”.

Nesta sessão foram dados ainda alguns alguns exemplos, em relação a este tema, uma vez que, segundo Rui Goulart, “ao contrário do que se pensa,  liberdade de expressão é um chavão que se usa muito mas é muita vez travada e escondida de forma, até indireta, pelo poder económico ou mesmo pelo poder político. Tentei mostrar e fazer a relação ente essas realidades”.

O jornalista abordou ainda a questão da internet, um novo meio que carece de alguma regulamentação. “Apesar de ser um meio fantástico de divulgação e de aprendizagem, tentei dar alguns exemplos em que a liberdade de expressão pode colidir muitas vezes com outros princípios fundamentais, o caso da dignidade humana, o direito à privacidade ou o direito ao bom nome”.

Rui Goulart diz ser a favor da liberdade de expressão mas sempre com bom senso, respeitando a lei, e sempre em nome do informar e formar.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*